Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Saiba o que é saldo aprovisionado e como evitar imprevistos com esse valor.

Em momentos de crise econômica, como o período atual, no qual temos uma grande queda no mercado financeiro, por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus, é necessário ter um cuidado especial e prestar ainda mais atenção às finanças para evitar dívidas e ter o orçamento comprometido. 

Por isso, é fundamental ficar atento com o saldo aprovisionado e ter bastante cautela para não contrair dívidas e perder o controle dos gastos. O novo coronavírus se espalhou muito rápido, contaminando uma quantidade muito grande de pessoas ao mesmo tempo em todo o mundo. 

Como ele possui rápida disseminação, um método eficiente para evitar a contaminação é permanecer em casa, distante de locais nos quais há um grande fluxo de pessoas. Apesar desse método ser efetivo no combate ao vírus, ele traz um grande problema, pois, ao se isolar em casa, a população acaba produzindo menos e consumindo menos. 

E como uma grande parte dessas pessoas recebe por rendimento, esse isolamento reduz o seu poder aquisitivo. Isso faz com que o hábito de consumo mude, porque as pessoas passam a direcionar esse dinheiro para compras mais urgentes e de produtos essenciais. Por exemplo alimento e itens de cuidados médicos. 

Todo esse cenário afeta o mecanismo do mercado econômico e causa recessão na economia. Fator que exige mais cuidado com o orçamento para não faltar dinheiro em um futuro próximo e garantir dias mais tranquilos quando tudo se normalizar.

Afinal, o que é saldo aprovisionado?

A economia possui muitos detalhes e características que funcionam de forma interligada, por conta disso é importante conhecer os seus mais variados conceitos. Isso permite entender como as relações financeiras acontecem e como elas afetam a rotina diária. 

Isso inclui o conceito de saldo aprovisionado e como ele pode atrapalhar o orçamento. Saldo aprovisionado é uma quantia da conta bancária retida pela instituição financeira para garantir que o cliente pague suas dívidas com esse dinheiro. 

Esses débitos podem ser variados e inclui todos os valores referentes a débito automático, dívidas de cartão de crédito, cheque especial, empréstimos e até mesmo penhora judicial por processos trabalhistas.

Na prática, é um valor retido que o cliente não vai poder usar para si e deve direcionar para os pagamentos. Ou seja, é uma forma da instituição financeira garantir que o valor não seja empregado com outras contas, aumentando as dívidas do cliente.

Prevenção de dívidas

Embora o saldo aprovisionado seja uma prática ilegal, ainda é muito utilizada pelos bancos. O cliente pode recorrer na justiça para fazer valer o seu direito, mas a melhor forma de evitar que isso aconteça é tomando certos cuidados para se prevenir e evitar adquirir dívidas. 

Controlar os gastos para evitar dívidas não é tão difícil quanto parece. Contudo, não temos o hábito de poupar ou um conhecimento financeiro básico que ajude a se organizar. 

Por isso, é bastante comum o brasileiro ter problemas financeiros. Com o conhecimento adequado é possível cuidar bem dos gastos e manter o orçamento sempre estável, mesmo em meio a uma crise financeira e de saúde, como a que estamos passando.

Planejamento

Uma dica importante para evitar adquirir dívidas é ter um bom planejamento financeiro. Ou seja, fazer uma revisão de quanto entra e para onde vai esse dinheiro. 

Dessa forma é possível visualizar as despesas e cortar gastos ou direcionar melhor o orçamento. Um plano financeiro para administrar os gastos pode auxiliar a pessoa nesse sentido.

Organização

Embora ter um bom planejamento financeiro ajude, é essencial seguí-lo a risca. Mas, isso pode ser difícil sem a devida organização. 

Assim, é importante anotar o valor a ser pago em contas domésticas, parcelamentos ativos e fatura de cartão de crédito por exemplo. Isso permite visualizar quanto realmente está disponível para novos gastos naquele mês.

Além disso, separar um pouco de dinheiro e criar uma reserva de emergência para casos especiais pode ser muito útil. Desse modo, a pessoa faz um caixa para eventuais despesas extras e evita gastar mais do que seu orçamento permite caso seja necessário.

Prazos e datas

Os prazos de pagamentos e datas de vencimento de faturas ou boletos podem confundir o consumidor. Por conta disso, é importante ter atenção e cuidado com essas datas para não acumular mais despesas do que é possível pagar em um determinado período. 

Embora as parcelas de uma compra, por exemplo, pareçam baixas, é preciso lembrar que elas vão se somar as outras contas habituais e as parcelas de todas as outras compras realizadas no mesmo período. Isso pode resultar num valor alto fora do orçamento disponível.

Cuidados com o orçamento em meio a pandemia

Durante a crise causada pelo novo coronavírus, os cuidados com o orçamento são mais importantes ainda. A economia passa por um momento de recessão e instabilidade. 

Como o mercado econômico envolve muitos elementos e se modifica constantemente, é importante se atentar para não passar por apertos.

Priorizar compras mais relevantes no período e cortar gastos extras podem ser uma forma de cuidar do orçamento durante a quarentena. É sempre válido realizar uma revisão dos gastos e otimizar eles o quanto for possível.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.

Nossa missão é ajudar você a investir melhor com uma variedade de conteúdos, de diversas fontes. Acreditamos que quanto mais você se informa, melhor você decide!