Desmatamento reforça posição contrária a acordo Mercosul-UE, diz premiê francês

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

O primeiro-ministro da França, Jean Castex, usou nesta sexta-feira sua conta oficial no Twitter para declarar a oposição do país a um acordo comercial entre Mercosul e União Europeia. Em sua mensagem, ele falou sobre a destruição de florestas, sem especificar locais.

A publicação é feita no dia em que o presidente Jair Bolsonaro faz uma viagem ao Mato Grosso, na qual ele criticou países que reclamam do Brasil, mas já teriam queimado tudo em suas próprias nações.

“O desmatamento coloca em perigo a biodiversidade e perturba o clima”, afirmou Castex.

Ele citou um relatório elaborado por Stefan Ambec, que segundo o premiê reforça a posição do governo francês de se opor ao pacto entre os dois blocos, em seu modelo atual. “A coerência dos compromissos ambientais do nosso país e da Europa depende disso”, argumentou.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Fique por dentro

Se inscreva para ser notificado quando um novo post for publicado.

Além de diversos conteúdos do mercado financeiro em um lugar para você ler, comparar e decidir.