quinta-feira, abril 2, 2020

Os 5 passos para alcançar a Independência Financeira.

-

Mas afinal, o que é independência financeira? É possível realmente alcança-la? Há muitas dúvidas a respeito desse tema, principalmente sobre como se planejar e em quanto tempo.

Então vamos lá: Independência Financeira para a maioria das pessoas é ter dinheiro suficiente para não precisar mais trabalhar. Essa definição está associada a viver de renda e à aposentadoria. E ser uma pessoa independente financeiramente é conseguir, em um momento de vida pré-estabelecido, trabalhar somente por prazer.

A ideia de viver de renda gerada por investimentos é bastante atraente, contudo, ela não acontece do dia para a noite. É preciso manter o foco e ter determinação. Listei abaixo os 5 passos para alcançar a tão sonhada independência, vamos a eles.

Tenha um modelo financeiro programado para o sucesso

Temos como herança cultural a falta de educação financeira. Nossos pais e avós não foram educados para lidar com o dinheiro de maneira equilibrada e harmoniosa. Este é um problema que vem passando de geração em geração.

Quem nunca se pegou pensando nas frases que ouviu dos seus pais: dinheiro é sujo; os ricos são gananciosos; você tem que dar duro para ganhar dinheiro; dinheiro não nasce em árvore; não temos dinheiro para isso; e por aí vai. O problema é que todas essas frases permanecem no nosso subconsciente, governando a nossa vida financeira.

O condicionamento do nosso subconsciente determina nosso pensamento. Nosso pensamento determina nossas decisões e estas determinam nossas ações, que determinam nossos resultados.

Contudo, podemos mudar e reprogramar o nosso cérebro através de algumas atitudes poderosas. Primeiro se conscientize do seu pensamento, saiba que ele existe e está guardado em algum lugar. Segundo, entenda a origem do seu modo de pensar. Questione esse tipo de pensamento, ele é realmente seu? Terceiro, desassocie-se desse modo de pensar, ele não é seu. E por último recondicione o seu cérebro para ter um novo modelo financeiro programado para o sucesso.

Mude seus velhos hábitos

“Se você quer passar para um nível de vida mais elevado, tem que estar disposto a abrir mão de alguns dos seus velhos hábitos e adotar novas opções”. –  T. Harv Eker

Não adianta querer alcançar a independência financeira se você mantiver velhos hábitos na relação com o dinheiro. Vivemos numa época onde o ter vale mais que o ser. Muitas pessoas vivendo de aparência, sustentando padrões de vida que não cabem no orçamento. E para quê? Para se sentir incluído numa sociedade consumista.

Agora é o momento da mudança. Ou você vive de uma forma e um padrão que não é o seu, ou você busca se adequar para alcançar sua independência financeira.

Adote um novo e mais simples padrão de vida, foque no que é essencial. Adote uma postura mais minimalista de consumo. Comece a poupar, este ato representa o início de um futuro prospero para quem deseja alcançar a sustentabilidade financeira.

O poder da reserva estratégica

Quem já ouviu na infância a seguinte frase: “poupe para os dias ruins”. Pois é, precisamos recondicionar a nossa mente e pensar da seguinte forma: poupe para sua reserva estratégica.

Mas afinal, o que é reserva estratégica?

Reserva estratégica é um montante de dinheiro que precisa ser poupado para um momento emergencial ou inesperado.

Todas as pessoas devem e precisam ter a reserva estratégica, ou reserva de emergência, como muito se fala por aí. Como não podemos evitar o acaso, podemos tentar diminuir os danos caso aconteçam. Como por exemplo recorrer a empréstimos bancários com altas taxas, entrar no cheque especial ou mergulhar em dívidas no cartão de crédito. E o mais importante, não mexer nos recursos poupados para a independência financeira.

Idealize o seu futuro

A expectativa de vida dos brasileiros hoje está em 76 anos, segundo o IBGE. Isto quer dizer que a população está vivendo mais e envelhecendo também. Como você está se preparando para este momento?

Mesmo que hoje sua situação financeira seja confortável, você já parou para pensar se terá condições de manter seu atual padrão até o final de sua existência?

Com o passar dos anos os seus gastos com saúde, alimentação equilibrada, carro e casa adequados para a sua nova fase de vida aumentarão significativamente. Tudo isso precisa ser levado em consideração no momento de analisar e calcular o valor ideal da sua independência financeira.

Potencialize o dinheiro poupado

Agora que você já entendeu que é preciso planejamento, equilíbrio e controle nos gastos para conseguir poupar, é hora de pensar em como potencializar esse dinheiro através dos investimentos.

A construção de um grande patrimônio não é simples, mas existem caminhos para isso. Começando a fazer escolhas conscientes de investimento você conseguirá alcançar com mais rapidez a tão sonhada independência financeira.

Para investir pensando na longevidade você precisa ter em mente dois fatores. O primeiro é o seu perfil de investidor que pode ser conservador, moderado ou arrojado. Esse perfil servirá para indicar qual tipo de investimento você estará apto a fazer. E o segundo fator é a diversificação.

O cuidado na escolha dos produtos financeiros permite acelerar o processo de enriquecimento sem abrir mão da segurança.

Quem deseja se tornar um investidor de sucesso deve estar sempre atento as informações do mercado financeiro, pois somente quem se informa tem condições de identificar boas oportunidades.


Juliana Barbosa é Economista e Educadora Financeira. Especialista em Finanças Empresariais, Gestão Bancária e Gestão Empresarial.
Membro da ABEFIN – Associação Brasileira de Educadores Financeiros. Sócia da Cifrão Educação Financeira.


Disponibilizaremos diversos conteúdos presentes no projeto. Matérias abertas e fechadas, entrevistas, personalidades importantes e tudo mais em um único ambiente.

Preencha os campos abaixo para começar a receber

______________________________________________________________

Juliana Barbosa
Juliana Barbosa é Economista e Educadora Financeira. Especialista em Finanças Empresariais, Gestão Bancária e Gestão Empresarial. Membro da ABEFIN – Associação Brasileira de Educadores Financeiros. Sócia-Diretora da Cifrão Educação Financeira.

Últimas Notícias

 

Bolsa de Valores