Modalmais: Boas expectativas para o dia

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Ontem, os mercados de risco melhoraram um pouco o desempenho, principalmente após a divulgação da ata da última reunião do FED expressando que vão usar todas as ferramentas possíveis para apoiar a recuperação da economia e que juros devem permanecer no patamar entre zero e 0,25% até por anos. Com isso, o Dow Jones ainda encerrou com queda de 0,30% e o Nasdaq com alta de 0,95%.

Aqui, a Bovespa fechou com valorização de 1,21% e índice em 96.203 pontos, situação (acima de 96 mil pontos) que não ocorria desde 19/6. O dólar terminou o dia com desvalorização de 2,6%, e moeda cotada a R$ 5,31.

Hoje, mercados no mundo operando com boa alta. Na Ásia, no encerramento, destacamos a alta de Hong Kong com 2,85% e Xangai com +2,13%. Na Europa, dia começando forte e boa recuperação das quedas de ontem e futuros dos EUA também no campo positivo. Aqui, temos marcado que a ultrapassagem do patamar de 98 mil/99 mil pontos seria importante para ganhar consistência na recuperação e começamos caminho para tal.

Investidores animados com o desenvolvimento e aplicação mais rápida de vacinas contra a covid-19 fazem a alta do dia, junto com a redução de estoques de petróleo nos EUA mostrada ontem. Isso induz a percepção de menor risco de uma segunda onda de contágio pelo vírus e melhora a expectativa de retomada das economias. Mas o dia pode ser complicado pela divulgação do Payroll de junho com a criação de vagas nos setores público e privado dos EUA, assim como o feriado do Dia da Independência nos EUA, com mercados fechados. Mas o quadro é favorável.

Na zona do euro, a taxa de desemprego de maio subiu para 7,4%, mas a previsão era de ficar em 7,7%. Lá a inflação medida pelos preços no atacado (PPI) de maio ficou em -0,6%, contra previsão de -0,5%. Já nos EUA, a Câmara presidida por Nancy Pelosi, aprovou ontem pacote de investimentos em infraestrutura de US$ 1,5 trilhão, mas o presidente Donald Trump pode vetar.

Afinal, ele está em campanha e tem que colher os méritos, já que está atrás de Joe Biden em cerca de 14%.

No mercado internacional, o petróleo WTI negociado em NY mostrava alta de 0,60%, com o barril cotado a US$ 40,06. O euro era transacionado em alta para US$ 1,128 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 0,68%. O ouro e a prata mostravam altas na Comex e commodities agrícolas negociadas na Bolsa de Chicago também com viés positivo.

No segmento doméstico, o STF pelo ministro Celso de Mello prorrogou por mais 30 dias as investigações do inquérito envolvendo disputa entre o ex-ministro Sérgio Moro e o presidente Bolsonaro. Já o MP quer vetar o reajuste de militares anunciado pelo presidente.

O Ministério da Saúde divulgou que as mortes pela Covid-19 já passam de 60.600, mas acredita que estamos entrando num platô de contágio, para começar o declínio. Também foi anunciado o IPC da Fipe do mês de junho com inflação de 0,39%, e com isso a inflação do primeiro semestre ficou em +0,34%.

A agenda do dia tem capacidade de interferir na tendência dos mercados com a divulgação do Payroll de junho, os pedidos de auxílio-desemprego da semana anterior e saldo da balança comercial de maio; tudo nos EUA. Aqui, o IBGE anuncia a produção industrial de maio. Porém, as previsões são de Bovespa em alta, dólar ainda fraco e juros movendo no sentido da queda.

Alvaro Bandeira
Sócio e economista-chefe do banco digital Modalmais
Fonte: www.modalmais.com.br/blog/falando-de-mercado

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.

Especial Resultados 3T20 já disponível

Confira os relatórios e comentários sobre o desempenho das empresas neste trimestre.

Todos os dias diversas Corretoras e Casas de Análise atualizam seus boletins com as principais notícias do mercado de investimento. Acesse agora!