Leilão de excedente da cessão onerosa

Ontem, os mercados americanos e a Bovespa passaram o dia com poucas oscilações. No encerramento, a Bovespa mostrou desvalorização de 0,06%, com o índice em 108.719 pontos, enquanto o Dow Jones mostrou valorização de 0,11% e Nasdaq com +0,02%. Os investidores ficaram no aguardo de maiores definições sobre a tarifação americana sobre produtos importados da China, com os chineses querendo maior comprometimento na retirada das barreiras alfandegárias, para que o presidente Xi Jinping vá aos EUA assinar a primeira fase do acordo.

Aqui, expectativa com encaminhamento das PECs pelo governo e estresse com o leilão da cessão onerosa, com investidores preocupados com eventual comprometimento financeiro da Petrobras. De nossa parte, ainda que isso aconteça, deve ser positivo para a Petrobras que já declarou interesse nos lotes de Búzios e Atapu.

Sobre a China, nessa manhã não temos maiores novidades. Já aqui, as PECs encaminhadas ontem pelo governo foram bem recebidas e na direção correta de reduzir o déficit fiscal e organizar os entes federativos, mas certamente vão gerar muitos ruídos e longas discussões.

Hoje, mercados na Ásia encerraram com comportamento de alta e Europa começou o dia em queda, mas já tentando reverter essa situação, o mesmo está acontecendo com os futuros do mercado americano. Aqui vai depender da avaliação dos investidores do leilão e do interesse de petroleiras do exterior pelos lotes ofertados.

O dia está sendo também de divulgação de indicadores PMIs da atividade de serviços no mundo. No Japão, o índice de outubro caiu para 49,7 pontos, ainda bem próximo da zona de definição em 50 pontos, que define contração e expansão da atividade. Na Alemanha, o PMI de serviços subiu para 51,6 pontos e na zona do euro em alta para 52,2 pontos, aparentemente recuperando da tendência negativa. Na zona do euro, tivemos as vendas no varejo de setembro com alta de 0,1% e taxa anual de 3,1%.

Na Alemanha, as encomendas à indústria de setembro surpreenderam positivamente com expansão de 1,3%, quando o previsto era +0,1%.

No Chile, os protestos perderam um pouco de força e estão menos espalhados pelo país. No mercado, o petróleo WTI negociado em NY mostrava queda de 0,33% (recuperando um pouco), com o barril cotado a US$ 57,04. O euro era transacionado em alta para US$ 1,109 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 1,85%. O ouro e a prata tinham altas na Comex e commodities agrícolas com comportamento misto na Bolsa de Chicago.

Aqui, o presidente Bolsonaro assinou PL para privatizar a Eletrobrás com capitalização, onde não existirá Golden Share e nenhum acionista deterá mais 10% do capital. Também as PECs encaminhadas ontem devem seguir fazendo preço dos ativos de risco. Na agenda, nenhum indicador com capacidade de fazer preço ser anunciado, mas os investidores aguardarão os resultados do leilão de excedentes marcados para as 10 horas. Expectativa de Bovespa podendo seguir em alta, dólar fraco e juros em queda.
Alvaro Bandeira
Economista-chefe do banco digital Modalmais