Publicidade

Investir Sozinho: 5 passos essenciais para aplicar na Bolsa de Valores

Data da publicação

Categoria

A Suno Research é uma casa de análise de investimentos focada em fornecer as melhores informações para o público interessado no mercado de capitais. Conheça mais sobre os conteúdos da casa de análise em www.suno.com.br/artigos

Destaques

Categoria

Data da publicação

Foto Reprodução: Freepik

Veja conforme a Suno Research as dicas para saber como investir sozinho na Bolsa de Valores através de cinco passos essenciais.

Veja abaixo.


Muita gente tem dúvidas sobre como investir na Bolsa sozinho. A verdade é que é possível aplicar dinheiro na bolsa sem o auxílio de um profissional, porém é importante conhecer as estratégias de investimento, como a análise fundamentalista.

Além disso, antes de aprender como investir na Bolsa sozinho é essencial saber quais são os passos iniciais e conhecer os principais conceitos do mercado financeiro.

Como investir na Bolsa sozinho?

A maioria dos investidores iniciantes tem dúvidas sobre como investir na Bolsa sozinho. Porém, para aplicar dinheiro na bolsa de valores e obter retornos constantes ao longo do tempo, é fundamental seguir alguns passos como abrir conta em uma corretora e definir uma estratégia de investimento.

Ou seja, para alocar recursos nos ativos negociados na B3, é necessário escolher em uma das corretoras brasileiras.

Dessa forma, não há como investir em ações na bolsa sem a intermediação de uma instituição financeira. Mas isso não quer dizer que um investidor não possa criar as suas estratégias de investimento.

Passo a passo para investir na Bolsa sozinho

Para quem deseja saber como investir na bolsa de valores por conta própria é importante conhecer alguns passos primordiais nessa jornada, entre eles:

  • Definir objetivos e estratégias de investimento;
  • Abrir uma conta na corretora;
  • Transferir o valor desejado;
  • Escolha o ativo que se deseja investir;
  • Realizar a operação no home broker.

1- Definir objetivos e estratégias

O primeiro passo para começar a investir na bolsa de valores é definir os seus objetivos e estratégias. Ou seja, quanto se pretende ganhar e em quanto tempo.

Além disso, também é importante pensar no risco que se está disposto a correr, até porque isso será necessário para definir o perfil de investimento.

2- Abrir uma conta na corretora

Após pensar nos objetivos e expectativas no longo prazo é preciso abrir uma conta em uma corretora de valores para começar a investir.

No Brasil, existem várias instituições que estão autorizadas, por isso, é importante avaliar as vantagens oferecidas e as taxas cobradas nas transações financeiras. A pesquisa é essencial para encontrar aquela que esteja mais adequada segundo os objetivos e perfil.

Afinal, algumas corretoras podem acabar cobrando altas taxas de corretagem, que pode comprometer a rentabilidade da carteira.

3 – Transferir o valor desejado

Depois de escolher a corretora e abrir a conta, é preciso transferir o valor que se deseja para começar os investimentos. Dependendo da corretora, esse valor pode ser bem pequeno.

Algumas corretoras oferecem alguns serviços gratuitos para os seus correntistas, por isso é tão importante a pesquisa antes da abertura da conta.

4 – Escolha o ativo que se deseja investir

Dado que a transferência foi feita, é preciso escolher o ativo que se pretende adquirir. Essa escolha é bastante importante, pois pode determinar a rentabilidade dos investimentos.

Nesse sentido, em primeiro lugar, os investidores costumam determinar se vão aderir à análise técnica, avaliando as movimentações diárias do mercado, ou análise fundamentalista, considerando os indicadores e múltiplos da companhia.

5 – Realizar a operação através do home broker

Após escolher os ativos, é necessário acessar a plataforma que interliga a B3, o investidor e a corretora, chamada de Home Broker.

Essa é uma plataforma digital que possibilita a negociação de ações ​e outros ativos financeiros na bolsa de valores de forma eletrônica, via internet.

Quais são as vantagens e os riscos de investir sozinho?

Investir sozinho na Bolsa de Valores tem por vantagem poder criar as próprias estratégias e decisões de investimentos. Mas, por outro lado, também há o risco de fazer escolhas erradas dos ativos.

Afinal, é preciso conhecer bem o mercado financeiro, os ativos disponíveis que são negociados na bolsa. Assim, quando se tem o auxílio dos profissionais e analistas, fica mais fácil entender os movimentos do mercado e saber em quais ativos investir.


Crie uma estratégia vencedora na Bolsa de Valores com a Suno Ações

Conte com ajuda profissional e encontre as melhores oportunidades de investimento em ações da bolsa brasileira.

Se você quer começar a investir em ações e não sabe por onde começar, ou já investe, mas quer criar uma estratégia com resultados mais consistentes, a Suno Ações é para você.

Com a Suno Ações, temos apoiado investidores iniciantes e experientes a conquistarem melhores resultados na Bolsa de Valores, seguindo a filosofia dos maiores investidores da história, o Value Investing.

Nessa assinatura, você terá acesso a uma série de recursos e às indicações de investimentos dos nossos analistas em duas estratégias:

  • Uma com foco em dividendos, na qual você irá receber uma parte do lucro líquido de forma recorrente das empresas em que é acionista
  • E outra com foco valor, na qual você poderá comprar ações em preços interessantes e construir um patrimônio sólido no longo prazo.

SAIBA MAIS

Autor

A Suno Research é uma casa de análise de investimentos focada em fornecer as melhores informações para o público interessado no mercado de capitais. Conheça mais sobre os conteúdos da casa de análise em www.suno.com.br/artigos

Informações + Recomendações de investimentos em um só lugar

Compartilhe esse post nas suas redes!

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

A conexão certa para seus investimentos

Diversas recomendações para você investir melhor!

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.