Indicada por Biden à secretaria de Comércio defende postura agressiva sobre China

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Indicada para o cargo de secretária de Comércio dos Estados Unidos, Gina Raimondo participou de uma sabatina no Senado nesta terça-feira, 26. Aos parlamentares, a governadora de Rhode Island defendeu uma postura “agressiva” contra supostas práticas comerciais “desleais” da China, afirmou que a pandemia de covid-19 exacerbou as desigualdades do país e prometeu tratar o combate à mudança climática como prioridade caso sua nomeação seja confirmada.

“Não podemos permitir que os chineses ou qualquer um comprometam de alguma forma nossa segurança nacional ou econômica”, respondeu a democrata ao ser questionada sobre o impacto do 5G da China. Raimondo disse que usará “todas as ferramentas” disponíveis para proteger as redes de telecomunicações dos EUA de empresas como as chinesas Huawei e ZTE.

Em um discurso preparado para a abertura da sessão, a indicada do presidente Joe Biden já havia ressaltado a necessidade de “tomar ações agressivas de fiscalização do comércio para combater as práticas desleais da China”.

Raimondo também frisou que é preciso “resolver” o dano econômico causado pela pandemia. “A covid-19 exacerbou desigualdades de longa data”, declarou.

Ela defendeu o investimento em inovação e tecnologia como forma de impulsionar a indústria americana e afirmou que é necessário “reconhecer” as questões ambientais como prioridade.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos