Economia global: o que se espera que ocorra após a pandemia

Data da publicação

Categoria

Agência de marketing de conteúdo digital com sede em Alagoas, Brasil. Nossa missão é facilitar o seu trabalho ofertando uma produção de conteúdo de qualidade, garantindo maior alcance de autoridade ao seu negócio.

Categoria

Data da publicação

A pandemia causada pelo Coronavírus teve um grande impacto na forma como a vida cotidiana está acontecendo. Ainda assim, seus maiores efeitos poderão ser do foro econômico. Venha saber o que se espera que ocorra na economia global após a economia e por que razão existe o medo de uma crise econômica.

O Brasil conhece bem a realidade da crise econômica, sendo que, apesar de algum melhoramento ter acontecido nos últimos anos, ainda existem dificuldades reais no país no que respeita a sua economia.
Os índices de pobreza e de desemprego no país já eram intensos e estavam motivando que as pessoas começassem a buscar novas alternativas em negócios online, para os quais o SEBRAE lançou, também, dados bastante negativos, que indicavam a falha de 80% dessas lojas online.
Evidentemente, o sucesso em novos negócios (físicos ou de ecommerce) é possível, mas a saturação do mercado exige, cada vez mais, um pensamento muito regrado na aplicação de estratégias e na construção e gestão das marcas.
Com o aparecimento do Covid-19, muitas pessoas começaram a buscar alternativas para obter renda extra e, por isso, instalaram os melhores aplicativos para trabalhar no home office e tentaram manter uma atividade durante esse tempo.
Ainda que alguns casos de sucesso possam ocorrer, a verdade é que as dificuldades do mercado são maiores do que nunca, sendo que, além dos obstáculos criados pela concorrência intensa e pelo grande número de lojas online, se espera que, internacionalmente, o impacto econômico da pandemia acabe por afetar os rendimentos familiares e criar a necessidade de moderar o consumo, o que afetará os negócios dos vários setores.
Os efeitos da crise gerada pelo Coronavírus já estão, em parte, sendo sentidos pelas pessoas. Estratégias nacionais de vários países acabaram por levar a novas situações de debilidade econômica para as famílias ou mesmo de desemprego para algumas pessoas.
A longo prazo, no entanto, se espera ainda que a crise possa tomar proporções mais intensas, havendo vários analistas e especialistas do setor financeiro a apontar a possibilidade de uma “chacina econômica”. Entre as razões que levam esses especialistas a mencionar a possibilidade de quebra da economia global, se encontram os números americanos de novos pedidos de ajuda (superior a 7 milhões), o Brexit e a quebra na bolsa.
Importa, por isso, avaliar o que pode ser esperado da economia global depois do tempo da pandemia.

O que se espera da economia mundial após a pandemia

Todo o mundo foi afetado pelo Coronavírus e os seus efeitos, como é expectável, não se limitarão à saúde mas também às suas economias.
Ao redor do globo, vários estudos estão sendo feitos por analistas, sendo que países como a Irlanda e a China já revelaram uma quebra no PIB e um aumento nas taxas de desemprego que se espera que venham a piorar até que a pandemia seja solucionada.
Essas quebras resultam da paralisação economia gerada pelas medidas de contenção do vírus que foram aplicadas, um pouco por todo o mundo.
Na verdade, uma das mais proeminentes empresas de avaliação econômica a nível internacional, a Oxford Economics, afirmou que a paralisação, pelo seu final, poderá ter impactado no PIB em 50%.

Poderá o mundo evitar a crise?

Os efeitos da crise já estão sendo sentidos e, por isso, evitar a crise é algo que não poderá acontecer senão num cenário utópico. Ainda assim, a gravidade dessa crise dependerá muito da forma como evolua a pandemia e das ações que forem tomadas para fazer a sua gestão.
Situações como a quarentena, o distanciamento social, a paralisação da atividade empresarial e o fecho de negócios serão tão nocivas para a economia quanto mais tempo durem.
Mesmo perante a situação atual, no entanto, ainda existem especialistas que mantém uma postura positiva face ao futuro, sendo que o papel do digital e dos negócios online no processo é um dos motivadores dessa postura otimista.

Publicidade

Como uma nova economia impacta no cotidiano

As mudanças esperadas na economia e a recessão não são as únicas geradas pela pandemia, já que, no mundo social, muito está se alterando.
A nova realidade das pessoas está fazendo com que toda a lógica de consumo internacional se reconfigure e altere, promovendo a corrida ao digital, por parte das marcas e dos consumidores, e gerando, por essa corrida, uma nova globalização do comércio.
Além disso, a tendência para o trabalho remoto pode também apresentar resultados positivos para o cotidiano e até a economia pessoal, já que essa forma de trabalho reduz os custos de transporte e está apontada como sendo uma forma bem produtiva de trabalho, que gera resultados bastante positivos para trabalhadores e empresas.
Assim, apesar das dificuldades esperadas, existe um potencial de criação de novas estruturas positivas, que os próprios analistas econômicos internacionais estão equacionando em seus estudos e pesquisas.

Autor

Agência de marketing de conteúdo digital com sede em Alagoas, Brasil. Nossa missão é facilitar o seu trabalho ofertando uma produção de conteúdo de qualidade, garantindo maior alcance de autoridade ao seu negócio.

No Clube Acionista você tem acesso aos principais formadores de opiniões do mercado. Através de análises diárias entre diversos especialistas do país. Tudo isso em um só lugar!

Informações + Recomendações de investimentos em um só lugar

Compartilhe esse post nas suas redes!

Você pode se interessar por

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.