CVM propõe simplificar regras de Certificado de Investimento Audiovisual

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Proposta teve origem no Projeto Estratégico de Redução de Custos de Observância

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) coloca em audiência pública hoje, 25/3/2020, minuta alteradora da Instrução CVM 260, que trata da emissão e distribuição de Certificados de Investimento Audiovisual (CAV). Esse é um investimento em que os recursos são voltados para a produção, distribuição, exibição e infraestrutura técnica de obras cinematográficas brasileiras.

O objetivo é simplificar o procedimento de emissão e distribuição de CAV, de modo a torná-lo mais eficiente tanto do ponto de vista do regulador, como dos emissores, intermediários e investidores.

As principais alterações trazidas na minuta contemplam a dispensa automática de registro da emissão e distribuição das ofertas de CAV e exclusão da obrigação de envio de certos documentos e informações à CVM” – afirma Antonio Berwanger, superintendente de desenvolvimento de mercado (SDM) da CVM.

A CVM verificou que, além da possibilidade de obtenção de ganho de eficiência por meio da simplificação do processo de registro e acompanhamento das ofertas de CAV na Autarquia, quando consideradas as características e as especificidades, o tamanho do mercado e o perfil dos investidores que adquiriram o ativo nos últimos anos, este tipo de oferta pode ser enquadrada como nível de risco I – leve (nos termos do art. 3º do Decreto 10.178), e ser dispensada de registro.

A proposta tem origem no Projeto Estratégico de Redução de Custo de Observância objetivando tornar o processo da emissão e distribuição das ofertas de CAV menos complexo e burocrático.” – afirma Luis Miguel Sono, superintendente de registros de valores mobiliários (SRE) da Autarquia.

 

Sugestões e comentários

As sugestões e comentários devem ser encaminhados, por escrito, até 22/5/2020 pelo endereço eletrônico [email protected].

 

Mais informações

Acesse o edital de audiência pública.

Conheça o Projeto de Redução de Custos de Observância.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também