CARREFOUR BR (CRFB3): Acordo da Couche-Tard criaria gigante no mercado

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

A canadense Alimentation Couche-Tard , enviou uma oferta não vinculante ao grupo Carrefour a um preço de € 20 por ação, o que equivale a € 16,3 bilhões (US$ 19,7 bilhões), com prêmio de 30% em relação à cotação de terça-feira, e que seriam pagos majoritariamente em dinheiro.

Analistas afirmam que a proposta vem sendo considerada, mas que não há ainda uma decisão tomada.

Caso a negociação avance, será a maior aquisição do varejo no mundo e criará a terceira maior companhia do setor (a primeira não-americana), atrás apenas do Walmart e da Amazon e à frente da Costco.

Couche-Tard e Carrefour juntas teriam hoje vendas anuais de cerca de US$ 152 bilhões (a câmbio atual), 30 mil lojas e 450 mil empregados. Em um cenário onde o negócio seja concluído, deve superar a compra da Tiffany pela LVMH, e da fusão de Promodes com Carrefour; segundo cálculo do Valor, realizado com apoio do consultor Alberto Serrentino, da Varese Retail.

Impacto: Positivo. A oferta a rede francesa, caso se consolide, deverá ser a maior aquisição do varejo no mundo. As companhias em conjunto teriam hoje vendas anuais de US$152 bilhões. Vale ressaltar que a proposta pode impactar a operação do grupo no Brasil, que provavelmente seja incluído. Com isso, a empresa ganha alta escalabilidade e expansão de sua área de atuação.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos