terça-feira, dezembro 10, 2019

Cotas para mulheres e Bolsa de Valores, o que tem a ver um com o outro?

-

Primeiro me apresento. Participo do portal Acionista com br desde sua criação em 2000.
Aqui abre-se espaço para notícias e informações sobre o mercado financeiro brasileiro, das fontes mais variadas e acreditadas para que nosso usuário acesse diferentes opiniões sobre os mais variados assuntos e, leia, reflita, compare e tenha subsídios para decidir sobre o que pode ser ou não bom para si.  Hoje o assunto é cotas para mulheres.

Por força de lei, decreto, acordo ou qualquer outra prática, temos a deliberação de cotas para ocupação de cargos no congresso nacional, nos conselhos das companhias abertas e por aí vai.
Sou contra, só que não.

Um dado: em Dez/18 das 813mil pessoas cadastradas para investir na Bolsa de Valores via as corretoras, somente 22,06% eram mulheres.  Out/19 das 1,5mil pessoas cadastradas, 22,69% são mulheres. Somamos quase 52% na população brasileira. Somos ativas, multifuncionais, empreendedoras, tendo todas nossas prioridades em nome dos filhos e família.

As cotas fazem lembrar a nossa pouca representatividade em áreas cruciais ao desenvolvimento do país. No Congresso Nacional, criam-se leis sem o olhar feminino; nos conselhos das empresas, aprovam-se diretrizes que pouco se atentam a sustentabilidade, só para mencionar 2 áreas de atuação. Ao ter-se as cotas para preencher, divulga-se a necessidade de estarmos presentes. Portanto neste momento abro mão da contrariedade e desejo que as cotas sejam preenchidas, para que lá na frente o acesso seja natural.

Dá mesma forma, pouco poupamos pensando em nosso futuro, pensamos mais no imediato, seja para suprir as necessidades do dia a dia familiar, seja para comprar um sapato novo. Mulheres adoram sapatos!  Poupar, um pouquinho todo o mês, começando com R$ 50,00 reais, fará uma imensa diferença lá na frente. Começar a aprender onde colocar estes R$ 50,00, mais tarde diversificar o investimento, promoverá o conhecimento financeiro e, quem sabe, incentivará outros membros da família a fazer o mesmo, sua amiga, prima, colega de trabalho e outras tantas mais que o número de mulheres na Bolsa aumentará naturalmente.

Cotas alertam para nossa pouca representatividade em áreas chaves para o desenvolvimento do país e o mercado financeiro é uma delas. Ter reserva financeira, pouca ou muita, permite crescimento e tranquilidade e qualidade de vida para o futuro.

Aqui no Acionista com br, abordamos vários temas que colaboram para a educação financeira.
Não achou o que queria? Quer mais informações? Entra em contato com a gente. Nossa equipe de homens e mulheres terão imenso prazer em atende-la.

Sou contra cotas, só que não!

Abraço,

Claudia TF Guerses / Acionista.com.br

- Anúncio-

Acionista - Newsletter

Últimas Notícias

rapidas - Cotas para mulheres e Bolsa de Valores, o que tem a ver um com o outro?