B3 (B3SA3): BR Partners está se preparando para uma oferta pública

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

O Banco BR Partners se prepara para uma abertura de capital, através de um IPO. Isso o tornará o segundo banco de investimento independente listado na B3.

O BR Partners contratou o BTG Pactual, Bank of America Merrill Lynch e o Credit Suisse para coordenarem uma oferta que será 100% primária e deverá levantar cerca de R$ 600 milhões.

O banco já participou de mais de 120 fusões e aquisições, que juntas somam valor superior a R$ 250 bilhões. Esta área, no entanto, não demanda muito capital.

A grande motivação para o IPO é levantar recursos para assim aumentar a exposição do banco aos produtos de sua área de debt capital markets; responsável pela origem, estrutura e venda de CRIs, fundos imobiliários e debêntures.

Impacto: Cunho informativo.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também