Volume de operações no Programa Tesouro Direto caiu 17,02% em 2020

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Em meio à pandemia de covid-19, as operações com títulos no Programa Tesouro Direto caíram 17,02% em 2020, de acordo com dados do Tesouro Nacional. A quantidade total de operações na modalidade chegou a 4,57 milhões – média de 381.329 operações por mês.

Com a recessão econômica do ano passado, as emissões de títulos dentro do programa recuaram 20,30% em relação a 2019, ficando em R$ 24,61 bilhões. Já os resgates caíram 13,62% na mesma comparação, somando R$ 26,70 bilhões no ano passado – sendo R$ 24,25 bilhões em recompras e R$ 2,44 bilhões em vencimentos.

Apesar do resgate líquido de R$ 2,09 bilhões, o estoque do Tesouro Direto cresceu R$ 3,06 bilhões em 2020, encerrando o ano em R$ 62,70 bilhões. O volume representa um aumento de 5,13% em relação ao saldo no fim de 2019.

O número de investidores ativos, que de fato mantêm aplicações no programa, cresceu 20,19% no ano passado, chegando a 1,443 milhão de pessoas no fim de 2020.

Apenas em dezembro, 67.839 novos investidores passaram a ter papéis do Tesouro por meio do programa, o maior acréscimo mensal da série histórica. Já o número de pessoas cadastradas no programa já chega a 9,200 milhões.

De acordo com o Tesouro, os títulos mais demandados pelos investidores do programa no ano passado foram aqueles remunerados pela Selic, que totalizaram R$ 11,47 bilhões, ou 46,62% das vendas em 2020. Os papéis atrelados à inflação somaram R$ 8,10 bilhões (32,02% das emissões), enquanto os títulos prefixados ficaram em R$ 5,03 bilhões (20,46% das vendas.)

A maior parte dos títulos emitidos no Tesouro Direto em 2020 teve vencimento de um a cinco anos (46,01%), seguido pelos papéis com prazos de cinco a dez anos (29,13%), e pelos títulos de mais de dez anos (24,86%). O Tesouro destacou ainda que 67,23% de todas as operações de investimento no programa no ano passado envolveram valores até R$ 1 mil.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos