Com tudo que se vê por aí envolvendo a Vale (VALE3), tanto coisas boas quanto ruins, um destaque positivo no 1T24 da vale, segundo os analistas do BB Investimentos, é o fluxo de caixa livre, que continuou robusto e totalizou US$ 2,0 bilhões (ante US$ 2,3 bilhões no 1T23). E isso, conforme eles, aconteceu mesmo diante da menor geração de caixa operacional neste trimestre e do incremento de 23% a/a do desembolso para investimentos (US$ 1,4 bilhão), “já que foram compensados parcialmente pela liberação de capital de giro possibilitada pelos recebimentos das vendas do 4T23 e extensão de prazo de pagamento a fornecedores”.

Sem devaneios, mesmo considerando o desembolso para pagamento de dividendos realizado em março (US$ 2,3 bilhões) e para recompra de ações (US$ 275 milhões), a posição de caixa teve incremento de US$ 205 milhões em relação ao final do 4T23 (para US$ 4,6 bilhões). Além disso, a dívida líquida expandida teve um ligeiro avanço nesse período, para US$ 16,4 bilhões, refletindo novas captações líquidas, mas segue dentro da meta da empresa (de US$ 10 a 20 bilhões). 

“Apesar da elevada liquidez, segundo a companhia, por ora, não estão previstos dividendos extraordinários, mas poderão ser considerados à frente, considerando as demais frentes de alocação de capital da companhia e o patamar de fluxo de caixa livre nos próximos resultados”, diz o relatório do BB, que recomenda compra.

Números da Vale (VALE3) dentro do consenso

Não teve surpresas. O Ebitda ajustado foi de US$ 3,3 bilhões ou US$ 3,5 bilhões sob a nova metodologia, que inclui Ebitda de joint ventures e práticas de reporte revisadas para Metais Básicos. De acordo com a Ágora, os resultados da Vale ficaram em linha com o consenso e um pouco acima da estimativa de seus analistas: “já apontávamos esse risco”. 

Logo, a Vale apresentou números operacionais sólidos, atingindo a maior produção no 1T desde 2019, o que também ajudou no desempenho de custos no trimestre, conforme análise.

Entretanto, como notícia ruim, o trimestre foi impactado pelos menores preços realizados de minério de ferro e pelos volumes sazonalmente mais fracos. 

“A geração de caixa atingiu US$ 2,0 bilhões no trimestre (implicando um rendimento anualizado de 15%), ainda que ajudado por um impacto positivo do capital de giro. Destacamos também que a empresa atualizou o nível de investimento estimado do projeto Serra Sul (de 120 milhões de toneladas por ano) para US$ 2,8 bilhões (de US$ 1,5 bilhão), mas o início esperado foi mantido para o 2S26. A Vale também reiterou sua orientação de investimentos de US$ 6,5 bilhões para 2024.” 

Quer saber quais as principais recomendações para investir na Bolsa? Veja as análises e sugestões conforme diversos analistas no Clube Acionista, por aqui.

Publicidade

Clube Acionista

A maior cobertura para impulsionar sua carteira de investimentos

Agendas

Saiba quando as empresas vão pagar antes de investir.

Análises

Veja análises dos bancos e corretoras em um só lugar.

Carteiras

Replique carteiras dos bancos e corretoras para investir com segurança.

Recomendações

Descubra a média de recomendações de empresas e fundos.

Clube Acionista

A maior cobertura para impulsionar sua carteira de investimentos

Agendas

Análises

Carteiras

Recomendações

Comece agora mesmo seu teste grátis