Publicidade
Publicidade
Publicidade

Títulos Privados de Renda Fixa: o que são e como investir

Data da publicação

Categoria

O portal Acionista.com.br aproxima investidores, informações e investimentos com conteúdos atualizados diariamente sobre o mercado financeiro e as companhias abertas nos diferentes meios digitais – website e redes sociais.

Categoria

Data da publicação

Foto Reprodução: Freepik

Os títulos privados de renda fixa são emitidos por empresas que desejam captar recursos. Portanto, o investidor empresta para receber em troca o valor acrescido de juros no final do período.

E mais, a modalidade está disponível para todos. Ou seja, voc pode se tornar credora dos títulos de instituições privadas e receber uma taxa de juros como prêmio.

Opções de Títulos Privados de Renda Fixa

CDBs

Certificado de Depósito Interbancário (CDB) está entre os mais conhecidos do Brasil. São emitidos por bancos, que podem ser vistos como um depósito bancário.

Ou seja, você estará emprestando o dinheiro e recebendo em troca o pagamento de juros. Basicamente, este é um título tão seguro quanto poupança, mas com rendimentos melhores.

Quer saber mais detalhes? Confira aqui.

Debêntures

Acima de tudo, trata-se de um título de dívida. Juntamente, com a finalidade de serem de médio e longo prazo. Pois visam oferecer direito de crédito para a empresa emissora. Ou seja, quem investe em debêntures se torna credor da empresa. Veja com mais detalhes aqui.

CRI

Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) baseia-se em créditos imobiliários. Assim também, emitidos por sociedades securitizadoras.

Sob o mesmo ponto de vista, possuem o objetivo de pagamentos de contraprestações de aquisição de bens imóveis ou de aluguéis.

Securitização é a conversão de uma dívida. Bem como:

  • Duplicatas;
  • Cheques;
  • Notas promissórias;

Entre outros.

CRA

O Certificado de Recebível do Agronegócio (CRA) é um título originado de negócios entre produtores rurais. Do mesmo modo que de suas cooperativas, ou terceiros.

O título possui o objetivo de financiamentos ou empréstimos. Neste caso, relacionados com:

  • A produção;
  • Comercialização;
  • Beneficiamento ou industrialização de maquinas;
  • Implementos de produção;
  • Produtos ou insumos agropecuários.

Entre outros.

FIDC

Este é o único investimento que possui restrição. Pois são exclusivos para investidores qualificados, conforme a instrução CVM 554.

O fundo de investimentos de Direitos Creditórios (FIDC) busca adquirir os direitos sobre os créditos que uma empresa tem a receber. Ao passo que são provenientes de:

  • Duplicatas;
  • Cheques;
  • Contratos de aluguel;

E outros.

Segmentos da Operação:

  • Financeiro;
  • Comercial;
  • Industrial;
  • Imobiliário;
  • Hipotecas;
  • Arrendamento mercantil;
  • Prestação de serviços.

Quando vale a pena comprar Títulos Privados de Renda Fixa

Do mesmo modo que outros, para saber quando investir considere três fatores:

  1. Seu objetivo;
  2. Situação do mercado atual;
  3. Seu perfil.

Acima de tudo, saiba que os título possuem maior risco em relação aos públicos. Nesse sentido, a melhor sugestão é que você sempre busque entender os detalhes de cada título.

Publicidade

A cobertura completa para atrair bons investimentos

Por outro lado, se você deseja diversificar aqui uma dica:

Conforme diversos analistas, opte pela rentabilidade que se enquadre no seu perfil de investidor.

No segmento de renda fixa, existem ótimas opções.

Sob o mesmo ponto de vista, veja algumas vantagens:

  • Podem oferecer maior rentabilidade que outros títulos de renda fixa;
  • Possibilidade de isenção de impostos;

Como exemplo, as debêntures incentivadas.

Por outro lado a desvantagem envolve:

  • O risco da própria empresa que está emitindo o título;
  • Alguns títulos não possui garantia do FGC;
  • Por fim, podem demandar de investimentos iniciais mais elevados.

Como Investir em Títulos Privados de Renda Fixa

Antes de começar a aplicar seu dinheiro, lembre-se:

  • Analise todos os riscos;
  • O histórico de pagamento;
  • Se tudo está de acordo com todos os critérios.

Quanto melhor informado você está, melhor você decide. Portanto analise todos os riscos envolvidos.

Dessa forma, tudo pode ser feito via uma corretora ou banco.

Assim como, caso você não esteja seguro, os fundos de investimentos podem servir. Pois, você delega a função para um gestor na área.

Autor

O portal Acionista.com.br aproxima investidores, informações e investimentos com conteúdos atualizados diariamente sobre o mercado financeiro e as companhias abertas nos diferentes meios digitais – website e redes sociais.

Receba informações do mercado financeiro no seu celular gratuitamente

Compartilhe esse post nas suas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.