Resultados de Natura&Co, Arezzo, B2W e CCR, e AES Brasil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Natura

Confira as notícias mais relevantes a respeito das principais empresas da bolsa de valores. No Radar Empresas de hoje temos resultados de Natura&Co, Arezzo, B2W e CCR, e AES Brasil.

Natura&Co (NTCO3) volta a lucrar no 4º trimestre

A Natura&Co, dona da Natura, Avon, The Body Shop e Aesop, registrou um lucro líquido de R$ 177,4 milhões no quarto trimestre, revertendo prejuízo de R$ 76,5 milhões observado um ano antes.

Desse modo, o desempenho foi impulsionado pelo avanço de 24,3% na receita líquida, que chegou a R$ 12 bilhões. Enfim, o lucro bruto da companhia saltou outros 24%, para R$ 7,72 bilhões.

Lucro da Arezzo (ARZZ3) sobe 31,4% no 4° tri

A Arezzo teve lucro de R$ 77 milhões no quarto trimestre, o que representa uma alta de 31,4% ante o mesmo período de 2019.

Dessa forma, o resultado, segundo a companhia, foi influenciado positivamente pela melhora operacional e pelos resultados com a incorporação do Grupo Reserva.

B2W (BTOW3) registra lucro de R$ 15,6 milhões no 4º tri

A B2W teve lucro líquido de R$ 15,6 milhões no quarto trimestre do ano passado, revertendo o prejuízo de R$ 22,3 milhões registrado no mesmo período de 2019.

Ademais, entre janeiro e dezembro a companhia teve prejuízo de R$ 203,8 milhões, queda de 48% no comparativo anual. Os números consideram os efeitos da consolidação da transportadora da B2W Digital.

CCR (CCRO3) registra prejuízo de R$ 74,8 milhões no 4º trimestre

O grupo CCR teve prejuízo de R$ 74,8 milhões no quarto trimestre de 2020, revertendo o lucro de R$ 392,6 milhões que havia sido registrado no mesmo período do ano anterior.

Portanto, o resultado negativo é fruto das quedas de movimentação provocadas pela pandemia. Além disso, uma provisão de R$ 305,9 milhões, relacionada ao processo de devolução amigável da concessionária MSVia (que administra a BR-163 no Mato Grosso do Sul), que está perto de ser assinado, também foi impactante.

AES Brasil (TIET11) revisa projeções de investimentos

A AES Brasil revisou suas projeções de investimento para 2021-25 após fechar contrato de venda de energia para a Ferbasa. Dessa maneira, o volume de aportes que a companhia espera realizar é de R$ 2,369 bi, contando os juros de capitalização.

Fonte: Necton, Terra Investimentos

A temporada de resultados está a todo vapor, e você não pode perder as oportunidades que se abrem nesse período! Participe do poder dos resultados. Oferecemos 7 dias grátis, sem burocracia chata em caso de cancelamento ao término do seu período de testes. Confira aqui.

Receba conteúdos diariamente por e-mail

Acionista

Acionista

O portal Acionista.com.br aproxima investidores, informações e investimentos com conteúdos atualizados diariamente sobre o mercado financeiro e as companhias abertas nos diferentes meios digitais – website e redes sociais.

Você pode se interessar por

Publicidade

Receba notícias pelo Telegram

Leia também

Tire dúvidas sobre investimentos

Últimas atualizações sobre

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.