Reservas contra calotes superaram lucros de bancos

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Em um período impactado do começo ao fim pela pandemia, os grandes bancos gastaram mais do que o dobro do lucro do segundo trimestre para enfrentar o “tsunami” de inadimplência que poderá ocorrer depois que o prazo das rolagens de dívidas feitas no início da pandemia chegar ao fim.

O pico nas provisões para devedores duvidosos já pode ter sido alcançado, mas novos reforços não estão descartados, a depender da força dos calotes e do ritmo de recuperação da economia brasileira.

Juntos, Banco do Brasil, Itaú Unibanco, Bradesco e Santander Brasil tiveram lucro líquido recorrente de R$ 13,5 bilhões de abril a junho, queda de 37,3% ante o segundo trimestre de 2019. Já os gastos com provisões votaram a subir: somaram quase R$ 31,5 bilhões, mais que o dobro dos ganhos no período. Em um ano, essas despesas aumentaram em R$ 14,3 bilhões.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.

Por: Nelson Tucci

Toda segunda-feira

Por: Nelson Tucci

Toda segunda-feira