Radar Empresas: Totvs, Linx, Natura, Localiza, Unidas e mais

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Totvs

Confira as notícias mais relevantes a respeito das principais empresas da bolsa de valores. No Radar Empresas de hoje temos Totvs, Linx, Natura, Localiza, Unidas, IPO do Grupo Mateus e Petrobras.

Totvs (TOTS3) está disposta a elevar oferta pela Linx (LINX3)

O presidente do conselho de administração da Totvs (TOTS3), Laércio Consentino, afirmou estar disposto a elevar a oferta pela Linx (LINX3), maior empresa de softwares do Brasil.

Dessa forma, em entrevista ao jornal “Valor Econômico”, Consentino disse que além de estar disposto a aumentar a oferta, estava confiante com a proposta, pois teria o apoio de acionistas da Linx, segundo conversas reservadas. “Tudo o que queremos é que as duas propostas sejam levadas à deliberação. A decisão da assembleia é soberana”

Natura (NTCO3) pretende levantar R$ 5,6 bilhões com oferta de ações

Natura informou na madrugada desta sexta-feira (9) que fixou em R$ 46,25 o valor por unidade da oferta primária de 121,4 milhões de ações ordinárias anunciada em 1º de outubro.

Assim, a expectativa é de uma arrecadação total de R$ 5,6 bilhões. Ademais, o preço por ação foi estabelecido durante o processo de coleta de demanda com investidores, conhecido como bookbuilding.

Por fim, a operação vai ser realizada no Brasil e no exterior sob a forma de recibos de ações negociados nos Estados Unidos, os chamados ADRs.

Conselho da Localiza (RENT3) aprova proposta de combinação com Unidas (LCAM3)

O Conselho de Administração da Localiza aprovou, em reunião realizada nesta quinta-feira, 8, a proposta de combinação de negócios com a Unidas, anunciada em 22 de setembro. Além disso, no encontro também foi aprovada a convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) em 12 de novembro para deliberar sobre a incorporação de ações.

Portanto, a proposta da administração, que será apresentada para aprovação dos acionistas da companhia na AGE, prevê ainda a redução do número de membros do Conselho de Administração da empresa no mandato atual de sete para seis membros.

Quer saber onde investir? Reunimos os melhores especialistas do mercado em um só lugar. Confira Aqui.

Grupo Mateus (GMAT3) movimenta R$ 4,6 bilhões na bolsa

Uma varejista criada há 34 anos por um ex-garimpeiro de Serra Pelada, o Grupo Mateus chegará à B3 quebrando dois recordes. Desse modo, com arrecadação de R$ 4,63 bilhões, será o maior IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês) de 2020, até agora. Além disso, a companhia fará a maior estreia de uma empresa com origem na Região Nordeste da história da Bolsa brasileira.

A ação saiu a R$ 8,97, piso da faixa indicativa de preço. A demanda foi robusta desde o lançamento da oferta, batendo cinco vezes o volume ofertado, disse uma fonte ao Estadão/Broadcast. Enfim, além do lote principal, a companhia também colocou no mercado cerca de 75% do lote adicional.

Petrobras (PETR4) tenta desbloquear R$ 600 milhões na justiça

A petroleira trava uma disputa em torno dos recursos com a distribuidora amazonense de gás natural, a Cigás, e aposta em decisões favoráveis no STJ para reaver o dinheiro.

Dessa maneira, a disputa, que dura cinco anos, tem como origem uma controvérsia em torno do recolhimento de PIS/Cofins sobre o fornecimento de gás à Amazonas Energia, hoje Amazonas GT, subsidiária da Eletrobras.

Fonte: Necton, Terra Investimentos

A principal referência do mercado financeiro

Aqui no Acionista você tem a oportunidade de ler, comparar e decidir.

Trabalhamos em prol do investidor, aproximando em apenas um local diversas opiniões, sugestões e expectativas para o mercado.

Tempo é dinheiro. Poupamos seu tempo para que você foque no dinheiro.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também