Publicidade
Publicidade
Publicidade

Petrobras pode receber R$ 4 bi em venda de ações da Braskem, diz XP

Data da publicação

Categoria

“O Estado de S. Paulo” é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez “A Província de S. Paulo” – seu nome original.

Categoria

Data da publicação

O processo de venda de ações da petroquímica Braskem pode dar R$ 4 bilhões para a Petrobras, operação vista como positiva pela corretora de valores XP Investimentos. No fim de semana, a Braskem informou que a Petrobras e o grupo Novonor (ex-Odebrecht, em recuperação judicial), por meio da holding NSP Investimentos, deram a largada na alienação de suas participações na petroquímica.

Eles registraram pedido de oferta pública de distribuição secundária de ações, simultânea no Brasil e no exterior, que pode movimentar até R$ 8,06 bilhões. O período de reserva vai até o dia 26 de janeiro.

“Lembramos que a Petrobras ainda detém 212,4 milhões de ações ordinárias da Braskem (aproximadamente R$ 11 bilhões). Uma participação que a empresa também pretende alienar”, segundo a avaliação dos analistas Andre Vidal, Victor Burke e Thales Carmo, da XP Investimentos, em relatório divulgado nesta segunda-feira, 17.

Nessa primeira oferta pública, serão vendidas até 154,9 milhões de ações preferenciais da série A. As duas sócias manterão o controle da petroquímica neste primeiro momento.

Conforme o prospecto preliminar da oferta subsequente publicado no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na madrugada do sábado, 15, também não haverá colocação de lote adicional ou suplementar.

Para a SEC (Securities and Exchange Commission, regulador do mercado americano parecido com a CVM no Brasil), nos Estados Unidos, foi pedido um “registro de prateleira”, o que agiliza a realização de outras ofertas adiante, bastando que seja publicado um prospecto adicional com informações atualizadas sobre a companhia.

Autor

“O Estado de S. Paulo” é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez “A Província de S. Paulo” – seu nome original.

Receba informações do mercado financeiro no seu celular gratuitamente

Compartilhe esse post nas suas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.