Marcos Troyjo é eleito presidente de Novo Banco de Desenvolvimento, dos Brics

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

O secretário especial de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, foi eleito presidente do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), o banco dos Brics (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

A presidência do banco nos próximos cinco anos será brasileira, conforme rodízio acertado entre os membros. Indicado pelo governo brasileiro, Troyjo foi eleito por unanimidade pelo conselho de governadores do NDB e comandará o banco a partir de julho.

O brasileiro será o segundo presidente do banco, que foi criado em 2014 e é atualmente comandado pelo indiano Kundapur Vaman Kamath.

Troyjo é economista, cientista político e diplomata. Foi cofundador e diretor do BRICLab, centro de estudos sobre Brics na Universidade Columbia (EUA), onde é professor de economia e relações internacionais.

É o representante brasileiro em conselhos de organizações econômicas multilaterais, entre elas o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Comitê de Desenvolvimento do Banco Mundial.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email