EMAE registrou lucro bruto de R$ 11,0 milhões no 3T19

No terceiro trimestre de 2019, a receita operacional líquida da EMAE totalizou R$ 110,1 milhões, avanço de 56,3% frente aos R$ 70,4 milhões reportados no mesmo período do ano passado.

O custo do serviço de energia elétrica no terceiro trimestre de 2019 alcançou R$ 99,1 milhões, 77,4% acima dos R$ 55,9 milhões registrados no 3T18. No período o impacto foi decorrente das contas relacionadas a serviços de terceiros, com acréscimo de R$ 5,2 milhões, gastos com a compensação financeira pela utilização dos recursos hídricos, R$ 1,3 milhão superiores e provisão de GAG Melhorias, com acréscimo de R$ 34,9 milhões.

No 3T19 a EMAE registrou lucro bruto de R$ 11,0 milhões, recuo de 24,6% com relação aos R$ 14,6 milhões reportados no 3T18.

A geração operacional de caixa medida pelo Lajida (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização ou Ebitda, na sigla em inglês) totalizou R$ 12,5 milhões no 3T19, revertendo resultado negativo de R$ 4,5 milhões do 3T18.

No terceiro trimestre de 2019 a EMAE atingiu resultado financeiro líquido positivo de R$ 12,9 milhões, redução de 49,5% frente à receita financeira líquida de R$ 25,5 milhões auferida no 3T18 decorrente das variações monetárias inferiores em relação ao mesmo período do ano anterior.

A EMAE apresentou lucro antes do resultado financeiro, imposto de renda e contribuição social de R$ 11,0 milhões no terceiro trimestre de 2019, revertendo prejuízo de R$ 5,8 milhões no 3T18.

Por fim, a dívida bruta da Companhia somava R$ 74,9 milhões no 3T19, 6,0% menor do que a registrada no 4T18. Tal valor refere-se, em sua totalidade, ao financiamento obtido com o BNDES em 2012, para construção de uma PCH pela controladora Pirapora Energia S.A.

(MR – Agência Enfoque)

CONFIRA AS ANÁLISES DOS RESULTADOS E AS RECOMENDAÇÕES DOS ESPECIALISTAS