O Banco Central destacou, no comunicado do Comitê de Política Monetária (Copom), que a conjuntura atual é marcada por um processo desinflacionário que tende a ser mais lento em um ambiente de expectativas de inflação desancoradas. Em sua avaliação, esse cenário contrasta com a redução de parte das incertezas fiscais provocada pelas recentes medidas da equipe econômica: a reoneração dos combustíveis e a apresentação do arcabouço fiscal.

“Por outro lado, a conjuntura, caracterizada por um estágio em que o processo desinflacionário tende a ser mais lento em ambiente de expectativas de inflação desancoradas, demanda maior atenção na condução da política monetária”, ressaltou o BC, no comunicado.

O colegiado ainda repetiu que a desancoragem das expectativas de longo prazo eleva o custo da desinflação necessária para atingir as metas estabelecidas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e reforçou o compromisso com as metas. “Nesse cenário, o Copom reafirma que conduzirá a política monetária necessária para o cumprimento das metas.”

Publicidade

CONHEÇA A COBERTURA QUE VAI

AUMENTAR SEU DINHEIRO NOS INVESTIMENTOS

Agendas, Análises, Recomendações, Carteiras e muito mais!