Publicidade

VILG11: hora de comprar, manter ou vender o FII?

O FII Vinci Logística (VILG11) é um fundo de investimento imobiliário do tipo Anbima renda gestão ativa de segmento logística. Atrativo por ter um portfólio diversificado, é constituído sob a forma de condomínio fechado, com prazo de duração indeterminado. Tem como  objetivo a obtenção de renda, mediante a aplicação de recursos correspondentes, a, no mínimo, 2/3 (dois terços) de seu patrimônio líquido em imóveis, prontos ou em construção, para obtenção de renda, bem como em quaisquer direitos reais sobre os imóveis.

Atualmente, o VILG11 é o segundo fundo imobiliário do setor industrial logístico entre as principais recomendações. Conforme o consenso, das 21 casas que cobrem a empresa 15 sugerem comprar, 3 manter a posição atual (se você possui na carteira continue e se você não tem, fique de fora) e 3 recomendam vender acreditando que existem outras oportunidades melhores.

Além disso, os analistas da Terra comentam que este FII pode também investir pelo investimento indireto em imóveis, “mediante a aquisição de ativos imobiliários, bem como o ganho de capital obtido com a compra e venda dos imóveis ou dos ativos imobiliários”. 

Mais destaques do VILG11

Essa aquisição dos imóveis pelo fundo tem o propósito de gerar aos seus cotistas a rentabilidade decorrente da exploração comercial dos imóveis, assim como a eventual comercialização deles. “Poderá, também, realizar reformas ou benfeitorias nos imóveis com o objetivo de potencializar os retornos decorrentes de sua exploração comercial ou eventual comercialização.” 

O FII VILG11 que é administrado pela BRL Trust Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A., distribui dividendos e sua taxa de administração é de 0,95% ao ano sobre valor de mercado do fundo. 

Performance: 20% do que superar IPCA+6,0% ao ano.

A política de distribuição de rendimentos do VILG11 deve distribuir a seus cotistas, no mínimo, 95% dos resultados auferidos, apurados segundo o regime de caixa. “Os rendimentos são  distribuídos aos cotistas e pagos mensalmente, sempre no 10º dia útil do mês subsequente ao do recebimento dos recursos, a título de antecipação dos rendimentos do semestre a serem distribuídos”.

Bom saber que as aplicações realizadas no fundo não contam com garantia do Administrador ou do Fundo Garantidor de Crédito, não podendo o administrador ser responsabilizado por eventuais depreciações dos ativos que compõem a carteira do fundo. “Portanto, é recomendado a leitura cuidadosa do prospecto e do regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos”, alerta o relatório da Terra.

O BTG Pactual recomenda porque, além do portfólio diversificado em diversas regiões do país, com maior exposição ao distrito de Extrema (MG);  tem uma carteira de locatários pulverizada, mas com grande exposição ao segmento de e-commerce; apresenta uma  exposição a contratos típicos que, associados à maior demanda por galpões, podem auxiliar na elevação dos aluguéis do fundo no médio prazo; e por ter excelente liquidez no mercado secundário.

Acompanhe as principais recomendações de FIIs conforme os analistas por aqui.

Publicidade

Este post está disponível na íntegra no Clube.Acionista

Picture of Cátia Chagas

Cátia Chagas

Editora e produtora de Conteúdo do Portal Acionista e Clube. Foco em mercado de capitais; empresas e ESG. Atua também em Jornalismo de Produto (certificada pelo Knight Center for Journalism in the Americas). Jornalista graduada PUCRS; Especialização em Comunicação Política pela UNISC; MBA em Comunicação e Marketing para Mídias Sociais na Universidade Estácio de Sá; Especialização em Gestão e Governança Corporativa aplicada a práticas ESG. Com passagem pelos veículos G1RS; GZH e Grupo Sinos.
Picture of Cátia Chagas

Cátia Chagas

Editora e produtora de Conteúdo do Portal Acionista e Clube. Foco em mercado de capitais; empresas e ESG. Atua também em Jornalismo de Produto (certificada pelo Knight Center for Journalism in the Americas). Jornalista graduada PUCRS; Especialização em Comunicação Política pela UNISC; MBA em Comunicação e Marketing para Mídias Sociais na Universidade Estácio de Sá; Especialização em Gestão e Governança Corporativa aplicada a práticas ESG. Com passagem pelos veículos G1RS; GZH e Grupo Sinos.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria, quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. O conteúdo da publicação pode conter elementos de texto gerados por inteligencia artificial. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Mais destaques

BDRS: commodities e empresas de tecnologia seguem na ponta 

Investir em empresas estrangeiras deixou de ser o bicho-papão há muito tempo. Está cada vez mais fácil ter uma carteira BDR à brasileira e com bons ativos. O Acionista destaca mensalmente o panorama macro desta modalidade.  Para junho, é bom que o investidor saiba que a bolsa americana segue sendo

Fundos Imobiliários envergam, mas não quebram

O mês de maio terminou com a sensação de que foi atípico para todo mundo. Fora as questões da economia e mercado financeiro, a tragédia climática no Rio Grande do Sul se tornou um case mundial sobre a importância de se olhar para as mudanças climáticas. Inclusive alguns Fundos Imobiliários

Libere todas as recomendações para investir

Mais lidas

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.