A Trisul (TRIS3) observa uma queda em suas ações nesta segunda-feira (15), após a empresa apresentar a prévia operacional do primeiro trimestre de 2024.

A prévia apresentou dados marcados por faltas de lançamentos da empresa durante o período.

Mas as vendas líquidas da Trisul foram o destaque do trimestre, apresentando um desempenho positivo de R$ 307 milhões, alta anual de 11%, levando a uma VSO consolidada de 14,5% (+3,3 p.p. A/A e +1,2 p.p. T/T).

Para a XP Investimentos, isso foi impulsionado por vendas sólidas de estoques, o que pode ser uma leitura positiva para o reconhecimento de receita no trimestre e abrir espaço para o crescimento de lançamentos no futuro.

A casa enxerga o resultado como positivo e estima que a empresa deve levar a uma maior concentração de lançamentos no segundo semestre deste ano.

“Temos uma avaliação positiva da prévia operacional da Trisul, já que vemos com bons olhos o sólido desempenho de vendas da empresa, apesar da falta de lançamentos. No entanto, mantemos nossa recomendação neutra com preço alvo de R$ 6,10/ação, pois ainda vemos um ambiente de rentabilidade desafiador para a empresa”, disse a XP.

Publicidade

Clube Acionista

A maior cobertura para impulsionar sua carteira de investimentos

Agendas

Saiba quando as empresas vão pagar antes de investir.

Análises

Veja análises dos bancos e corretoras em um só lugar.

Carteiras

Replique carteiras dos bancos e corretoras para investir com segurança.

Recomendações

Descubra a média de recomendações de empresas e fundos.

Clube Acionista

A maior cobertura para impulsionar sua carteira de investimentos

Agendas

Análises

Carteiras

Recomendações

Comece agora mesmo seu teste grátis