Radar Empresas: Vale, CSN e resultados de Movida e mais

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Vale

Confira as notícias mais relevantes a respeito das principais empresas da bolsa de valores. No Radar Empresas de hoje temos Vale, CSN e resultados de Movida, BR Distribuidora e Sinqia.

Vale (VALE3) planeja atingir capacidade de produção de 450m/t até 2026

O diretor-executivo de Finanças da Vale, Luciano Siani, afirmou nesta terça-feira, 10, no Reuters Commodity Trading Summit, que a companhia só deverá atingir a capacidade de produção de 450 milhões de toneladas de minério de ferro por volta de 2025 ou 2026.

Dessa forma, a mineradora brasileira descarta despejar capacidade excessiva da commodity no mercado, o que pressionaria os preços do minério de ferro para baixo.

CSN (CSNA3) precifica oferta de títulos da dívida

A CSN precificou a reabertura da oferta de US$ 300 milhões em títulos da dívida (Notes) emitidos no exterior com vencimento em 2028 e juros de 6,750% ao ano.

Assim, os títulos foram emitidos em janeiro deste ano pela subsidiária CSN Inova Ventures. Ademais, os recursos, segundo a CSN, serão destinados para o refinanciamento de dívidas e fins corporativos diversos.

Movida (MOVI3) tem lucro líquido de R$ 37 milhões no 3T20; queda de 38%

A Movida apresentou, na noite da última terça-feira (10), seu resultado do terceiro trimestre deste ano. Dessa maneira, a companhia teve um lucro líquido ajustado de R$ 37,2 milhões, uma baixa de 38,2% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando lucrou R$ 60,2 milhões.

Além disso, em comunicado, o CEO da empresa, Renato Franklin, disse que “seguimos empenhados em expandir a linha de negócios”, citando o lançamento do Movida Cargo, para o segmento de e-commerce, além do Movida Zero Km.

⚠️Safra de balanços 3T20⚠️

A temporada dos Resultados Trimestrais está a todo vapor, então acesse a agenda de resultados do 3T20 do Portal Acionista. Além disso, conheça a importância de conhecer o desempenho das empresas. Acesse agora.

BR Distribuidora (BRDT3) tem lucro de R$ 335 mi no 3T20; recuo de 74,9%

A BR Distribuidora reportou nesta terça-feira (10) um lucro líquido de R$ 335 milhões referente ao exercício do terceiro trimestre deste ano.

Assim, o resultado representa uma contração de 74,9% em relação ao lucro de R$ 1,336 bilhão apurado no mesmo período de 2019.

Sinqia (SQIA3) tem queda de 25,8% no lucro líquido

A Sinqia registrou um lucro 25,8% menor no terceiro trimestre de 2020 em relação ao mesmo período de 2019, mostra documento enviado ao mercado nesta terça-feira (10). Portanto, a empresa encerrou o período com um lucro de R$ 851 mil. Ademais, o lucro bruto ficou em R$ 17,5 milhões.

Por outro lado, a receita líquida bateu recorde de R$ 52,8 milhões, alta de 13,8%, puxado pelo desempenho das novas ofertas para apoiar a transformação digital dos clientes.

Fonte: Necton, Terra Investimentos

A principal referência do mercado financeiro

Aqui no Acionista você tem a oportunidade de ler, comparar e decidir.

Trabalhamos em prol do investidor, aproximando em apenas um local diversas opiniões, sugestões e expectativas para o mercado.

Tempo é dinheiro. Poupamos seu tempo para que você foque no dinheiro.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também