OI (OIBR3) faz dois leilões de venda de ativos

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

A Oi fará dois importantes leilões de venda de ativos. Estes podem ter papel importante na redução do seu endividamento significativo.

A companhia, que hoje se encontra em recuperação judicial, receberá propostas de teles e data centers.

Segundo o jornal Valor Econômico, a divisão de torres é disputada pela Highline do Brasil, controlada pelo fundo americano Digital Colony, cuja oferta é a preferencial – ou “stalking horse”-, e pelo fundo Pátria Investimentos, que também se habilitou para fazer a oferta.

A abertura de envelopes está programada para iniciar às 14h30.

A proposta do Pátria foi feita por meio de um seus fundos de infraestrutura. Em meio a disputa, a empresa pode voltar ao setor um ano após ter vendido a Highline; sua operação de torres de telefonia móvel criada em 2012, para o Digital Colony.

No mercado, a expectativa é de que a Highline ainda se mantenha competitiva no processo, mesmo após a compra dos ativos da Phoenix Tower, de 2.500 torres de telefonia móvel, anunciada na terça-feira.

Impacto: Positivo. A Oi já conta com grandes players disputando por seus ativos, e a expectativa é de que ainda entrem novos competidores. A venda será importante para a empresa à medida que pode aliviar seu endividamento.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos