Publicidade
Publicidade
Publicidade

MyCap: Balanços dos EUA continua a movimentar os mercados

Categoria

Data da publicação

IBOVESPA +1.26% | 108.013 pontos
CÂMBIO +0.16% | 5,44/USD

▪️ Roberto Campos Neto, presidente do BC, fala em evento virtual do Santander;

▪️ No exterior, saem a ata da última reunião do Banco Central Europeu (BCE) e a nova taxa de juros da Turquia;

▪️ A safra de balanços dos Estados Unidos também continua a movimentar os mercados. Hoje os investidores avaliam os números da Netflix e da American Airlines.

📊 Abertura

▪️ Nem mesmo o corte promovido pela China nas taxas de juros de referência para empréstimos de curto e longo prazos empolga os mercados. O relaxamento monetário vem num momento em que o crescimento econômico chinês voltou a desacelerar após enfrentar novos surtos de covid-19. Apesar da tentativa do gigante asiático, as bolsas asiáticas fecharam com sinais divergentes, dado que a decisão era esperada;

▪️ Enquanto os índices futuros de ações de Nova York sobem moderadamente, as bolsas europeias caem, após mais um dado de inflação com alta recorde na Alemanha antes da ata do BCE, que tem sido mais relutante em remover estímulos, apesar das pressões inflacionárias. A postura difere da dos EUA, onde a persistência inflacionária tem levado o Federal Reserve (Fed, o banco central do país) a acelerar a retirada das agressivas medidas de estímulo monetário. Por isso, investidores ainda seguem monitorando as projeções de aumento dos juros básicos pelo Fed, assim como a safra de balanços, com alguns resultados corporativos do quarto trimestre desapontando. Hoje, o juros dos Treasuries caem após altas recentes e o DXY opera perto da estabilidade;

▪️ Por aqui, a alta dos índices futuros de ações dos Estados Unidos pode respaldar nova alta do Ibovespa. Porém, a queda do petróleo e o fato de o índice Bovespa ter subido na véspera tende a abrir espaço para correção, dado que os temores inflacionários mundiais persistem;

▪️ Além disso, o cenário político local continua sendo monitorado, bem como o impasse entre o governo e os servidores públicos a respeito de reajuste salarial. No câmbio e nos juros, principalmente, investidores acompanharão com afinco as palavras de Roberto Campos Neto, do BC, em evento virtual do Santander.

🏢 Empresas

▪️ O conselho de administração do grupo JBS aprovou uma emissão externa de US$ 1,5 bilhão. Os papéis foram oferecidos em duas tranches, uma de US$ 600 milhões em papéis de 7 anos e outra de US$ 900 milhões em papéis de 30 anos. O juro nominal foi de 3% e 4,375%, respectivamente, ambos abaixo do sinalizado inicialmente aos investidores. A JBS utilizará os recursos para refinanciar dívidas e fortalecer o caixa.

De acordo com especialistas, a notícia é positiva, mas sem impacto no preço da ação. “A janela está aberta para captações no exterior e várias empresas devem se aproveitar deste momento para fazerem emissões. No caso da JBS a captação tem relação com reforço de caixa/eventual troca de dívida com custo menor”;

▪️ A Justiça do Trabalho de São Paulo deu 48 horas para que o Banco do Brasil coloque em trabalho remoto todos os funcionários de prédios em que não haja atendimento ao público, devido ao avanço do covid. Se descumprir a decisão, o banco terá de pagar multa diária de R$ 50 mil;

▪️ A CSN informou que a sua controlada CSN Cimentos S.A. aprovou, em AGE, a emissão de até 1,2 milhão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária. O valor total da emissão é de até R$ 1,2 bilhão. As debêntures serão vinculadas à 417ª série da 4º emissão de certificados de recebíveis imobiliários da Virgo Companhia de Securitização, sob regime misto de garantia firme e de melhores esforços de colocação, sob coordenação da XP Investimentos e com intermediação da UBS Brasil;

▪️ A Copasa adotou medidas para auxiliar vítimas atingidas pelas chuvas recentes no Estado. Entre as medidas está isenção parcial ou total da tarifa em janeiro, parcelamento da fatura em fevereiro e desligamento do fornecimento, sem custo de religação, para imóveis totalmente destruídos;

▪️ A Sanepar decidiu encerrar o rodízio de abastecimento em Curitiba e Região Metropolita em razão das chuvas ocorridas nas últimas semanas, que elevou o nível médio dos reservatórios que compõem o Sistema de Abastecimento Integrado de Curitiba (SAIC) a 80,34% da capacidade;

▪️ A Tenda registrou R$ 836,2 milhões em valor geral de vendas (VGV) de lançamentos no quarto trimestre de 2021, queda de 6% ante o mesmo período de 2020, mas alta de 31,9% em relação ao trimestre imediatamente anterior. A companhia lançou 17 empreendimentos entre outubro e dezembro de 2021.

De acordo com especialistas, os números não são tão animadores. Apesar do forte volume de lançamentos, a empresa viu a velocidade de vendas cair 110 pontos-base, além de apresentar fracos repasses de unidades, o que deve causar queima de caixa.

“No entanto, se 2021 foi um ano difícil para a empresa, 2022 começa com indícios de que a aprovação da nova curva de subvenção está cada vez mais próxima e, como a empresa está focada nas faixas inferiores do Programa Casa Verde Amarela (PCVA), deve ser a maior beneficiado”;

▪️ IPO: Mais três empresas, a rede de supermercados chilena Cencosud, a Cantu Store, e-commerce especializado em pneus, e a Coty, de cosméticos e perfumes, desistiram de fazer abertura de capital (IPO). A lista de desistências soma 10 nomes só este ano, em operações que podiam movimentar pelo menos R$ 10 bilhões.

Pesquisa da Deloitte, que ouviu 491 companhias no Brasil, apontou que 5% planejam fazer IPO em 2022. O principal motivo é a volatilidade no mercado, típica de ano eleitoral, imprevisibilidade das receitas e resultados, além do custo de captação.

Publicidade

Insights para ganhar dinheiro no mercado financeiro

🌎 Internacional

▪️ Os índices futuros das bolsas de Nova York avançam, sugerindo que os mercados à vista podem ensaiar uma recuperação, depois de acumularem fortes perdas desde a semana passada em meio a expectativas de aperto monetário nos EUA. Nas próximas horas, investidores vão monitorar dados econômicos americanos e mais balanços corporativos dos EUA;

▪️ As bolsas europeias caem, revertendo ganhos da abertura dos negócios, à medida que a inflação volta a preocupar e amplia chances de aperto monetário na região, a exemplo do que vem ocorrendo nos EUA, após o PPI recorde alemão. Fica no radar, a ata do Banco Central Europeu (BCE), que sai esta manhã;

▪️ Os contratos futuros do petróleo operam em baixa moderada, após o American Petroleum Institute (API) estimar um acréscimo de 1,4 milhão de barris nos estoques da commodity nos EUA. A queda dos preços vem também depois de o petróleo renovar máximas em sete anos nas últimas sessões. Nas próximas horas, o Departamento de Energia (DoE) publica levantamento oficial sobre estoques de petróleo e derivados dos EUA;

▪️ As bolsas asiáticas fecharam sem direção única, embora a China tenha voltado a cortar taxas de juros, numa tentativa de sustentar sua economia após novas ondas de casos de covid-19.

Receba informações do mercado financeiro no seu celular gratuitamente

Compartilhe esse post nas suas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.