Modalmais: Ainda muita preocupação com a economia

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Ontem mercados começaram o dia mostrando forte aversão ao risco e quedas, a Europa fechou com perdas acentuadas, mas no final da tarde os mercados americanos reagiram e a Bovespa também. Aqui, o Ibovespa encerrou com queda de 0,28% e índice em 99.054, dólar com valorização de 0,48% e moeda fechando em R$ 5,624 e mercados dos EUA, o Dow Jones com -0,07% e Nasdaq com -0,47%.

Hoje mercados da Ásia terminaram o dia com comportamento misto, Europa tentando recuperação, mas já afastada das máximas e futuros do mercado americano operando com comportamento misto. Aqui, não podemos perder o patamar de 97.800 pontos sob pena de acelerar realizações e seria bom que conseguíssemos superar a faixa de 100 mil pontos novamente.

Investidores no mundo preocupados com a nova onda de contaminação pela covid-19, Brexit sem acordo e ausência de notícias sobre novos estímulos fiscais, principalmente nos EUA. A recuperação econômica global começa a mostrar sinais de desaceleração.

Na zona do euro, a inflação medida pelo CPI (consumidor) de setembro foi confirmada com deflação de 0,3% na comparação anual e também tivemos o resultado da balança comercial em agosto, com superávit em alta para 21,9 bilhões de euros (de anterior em 19,3 bilhões de euros), fruto de exportações maiores em 2% e importações crescendo 0,5%.

Trump se diz preparado para assinar “grande e lindo” pacote de estímulo fiscal, mas há baixa probabilidade de que isso ocorra antes das eleições de 3/11. Já o presidente do FED de Minneapolis diz que sem estímulos fiscais a recuperação desacelerará.

O G-20 é que adiou a discussão sobre tributar a economia digital que o ministro Paulo Guedes estava olhando, mas que, como disse, poder desistir de fazer. No mercado internacional, o petróleo WTI negociado em NY mostra queda de 1,37%, com o barril cotado a US$ 40,40. O euro era transacionado em US$ 1,171 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 0,73%. O ouro e a prata em dia de alta na Comex e commodities agrícolas com viés de alta na Bolsa de Chicago.

Aqui, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, diz ser impossível fechar o orçamento de 2021 sem antes avaliar a PEC emergencial, aquela que versa sobre o Pacto Federativo e desoneração da folha de pagamentos.

Maia também quer flexibilizar o modelo de emprego para compensar em parte a desoneração. Lembrando que os vetos do presidente Bolsonaro ainda não foram avaliados.

Bolsonaro é que voltou a dizer que em seu governo acabou a corrupção, mesmo depois de seu vice-líder, o senador Chico Rodrigues, ser pego pela Polícia Federal com dinheiro na cueca.

Na agenda do dia alguns indicadores com capacidade de mexer com os mercados. Aqui sai o IPC-S da segunda quadrissemana de outubro e o IGP-10 fechado de outubro. Nos EUA, teremos as vendas no varejo e produção industrial de setembro e a confiança do consumidor de Michigan preliminar de outubro.

Expectativa para o dia, a Bovespa com espaço para recuperar, dólar ainda pressionado e juros com viés de alta.

Alvaro Bandeira
Sócio e economista-chefe do banco digital Modalmais
Fonte: www.modalmais.com.br/blog/falando-de-mercado

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.

Todos os dias diversas Corretoras e Casas de Análise atualizam seus boletins com as principais notícias do mercado de investimento. Acesse agora!