IFF: preços das commodities seguem sujeitos a altos níveis de incertezas

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Os preços das commodities ainda estão sujeitos a altos níveis de incertezas, em meio ao processo de recuperação da crise provocada pelo coronavírus. A análise é do Instituto Internacional de Finanças (IIF) e consta em relatório sobre o mercado de recursos primários divulgado nesta segunda-feira, 14.

Para 2021, a instituição caracteriza os riscos no setor como “equilibrados”. “Do lado positivo, a contenção mais rápida da pandemia poderia apoiar preços mais altos, levando a uma recuperação mais forte da demanda. No lado negativo, a persistência da pandemia poderia criar um obstáculo duradouro ao crescimento econômico global”, explica.

Sobre o petróleo, o IFF projeta que o barril de Brent rondará uma média de US$ 42 este ano e US$ 46 no próximo. No entanto, para o Instituto, as previsões são imponderáveis, já que a retomada estará sensível à evolução da covid-19. “Projetamos queda de 10% na demanda global por petróleo este ano, seguido por um crescimento de 6% em 2021”, estima.

O órgão estima ainda que os preços de metais básicos cairão 2% em 2020 e subirão 4% em 2021, com uma “recuperação modesta” na América Latina. Nos últimos meses, a produção de cobre e zinco voltou a avançar, embora esteja sendo limitada por falta de investimentos em novas minas. “Isso, combinado com uma aceleração gradual na demanda global, pode levar a menores estoques e levemente preços mais altos de zinco e cobre”, destaca.

De acordo com o IFF, os gastos de capitais com metais diminuíram, o que pressionou a oferta. O relatório cita a queda na produção de minério de ferro no Brasil, de cobre no Chile e de zinco no Alasca. “Entretanto, a produção de mineração na maior parte das Américas já estava estagnada antes da crise. Como resultado, o índice de preços de commodities de metais recuperou a maior parte das perdas de 2020”, revela.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos