Ibovespa próximo dos 100 mil pontos indica recuperação em V no Brasil?

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Itaú

“As aberturas do comércio no país estão colocando um pouco mais de confiança na recuperação em V e isso tem impactado de maneira positiva o mercado financeiro”

Dados divulgados recentemente pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) registraram o comportamento de vendas no varejo do Brasil. Em abril o tombo foi recorde. As vendas do comércio varejista brasileiro apontaram crescimento de 13,9% em maio, em comparação com o mês anterior. A taxa é a melhor desde o início da série histórica em janeiro de 2000. No entanto, o forte avanço foi insuficiente para recuperar a perda acumulada do setor de 19,1%, sendo -2,8% em março e -16,3% em abril, devido aos impactos da pandemia do novo coronavírus (covid-19) e das medidas de isolamento social. Além disso, a bolsa de valores voltou a se aproximar dos 100 mil pontos, o que gera otimismo para o mercado financeiro.

O Economista-Chefe da Nova Futura Investimentos, Pedro Paulo Silveira, destaca que as pessoas não aumentaram seu consumo, elas apenas recuperaram parte das perdas que tiveram desde o início da crise. “Em relação ao ano anterior, as vendas ainda estão em queda. O que houve de positivo é que as vendas vieram melhores do que o mercado esperava. Em parte, porque é muito difícil estimar quedas e recuperações tão fortes, em outra porque o fluxo do auxílio emergencial ajudou muito as famílias”, completa. Além do mais, Silveira enfatiza que o mercado antecipa a recuperação da economia e comenta sobre a alta do Ibovespa. “Como o pior momento da crise foi em março, abril e maio, o mercado já olha para a frente vendo um cenário melhor. Com isso, as taxas de juros baixas aqui e a recuperação do mercado acionário nos EUA ajudou a dar força para o Ibovespa”.

Para Daniela Casabona, Sócia-Diretora da FB Wealth a abertura das economias ajudou o crescimento de vendas do varejo, mas os negócios online também têm um papel importante nesse aumento. “Com as pessoas tentando voltar para a vida normal o consumo por si só volta a girar. As pessoas começaram a ter mais confiança que vão conseguir manter seus ganhos mensais e passam a consumir de forma mais natural. Ainda assim, o papel de empresas online contribuiu bastante para o crescimento, onde as pessoas passaram a consumir no conforto de casa”. Ademais, Casabona acredita que a alta no Ibovespa se deve a volta da economia. “As aberturas do comércio no país estão colocando um pouco mais de confiança na recuperação em V do país e isso tem impactado de maneira positiva o mercado financeiro”, finaliza.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também