Publicidade

Hypera (HYPE3) já toma o remédio amargo em 2024; vale a pena investir?

Tempo de leitura: ‍

Fonte: Imagens Canva

Lá nos resultados 3T23 o Acionista já falava que o setor saúde não ia nada bem e a Hypera (HYPE3), Best in Class, a maior farmacêutica do Brasil, passava por um mau momento. Bem, parece que agora o remédio amargo continua, com a empresa acumulando queda de aproximadamente 19% em 2024 nas suas ações. Mas há quem veja o copo meio cheio ou meio vazio: “é uma oportunidade de comprar mais barato ou um motivo para tomar cuidado?”, questiona o especialista em Investimentos, Gustavo Guerses.

Antes de  mais nada, recentemente uma reportagem no E-investidor, sobre o setor da saúde no mercado financeiro dizia que “as ações do setor de saúde costumam ser classificadas como defensivas por serem uma atividade econômica essencial para a sociedade”; e que essa característica “traz a ideia de que as empresas são menos suscetíveis aos ciclos econômicos, como o caso do varejo, e, por isso, tendem a atrair os investidores que buscam menos estresse na Bolsa de valores”. Talvez essa explicação facilite a pergunta do primeiro parágrafo.

Ações em queda e cenário difícil

“As ações HYPE3 acumulando queda de cerca de 19% desde o início do ano, maior que a do Ibovespa, com os investidores provavelmente precificando números mais fracos no 1T24, após o não atingimento do guidance proposto para 2023, o que não aconteceu”, comentam os analistas do BB Investimentos demonstrando a sensação do esperar para crer.

Segundo eles, “a expectativa é de que a Hypera enfrente um cenário mais favorável nos próximos meses devido à consistência dos números apresentados. Portanto, mantemos nosso preço-alvo para o final de 2024 em R$ 38,10 e a recomendação Neutra, até incorporarmos os números do 1T24”.

O BB considera os resultados da empresa positivos: o crescimento da receita líquida foi impulsionado especialmente pelos segmentos de Skincare, Produtos de Prescrição e Similares, dado que as categorias de Gripe, Respiratório, Dor e Febre, segmentos de maior exposição da companhia, apresentaram um menor ritmo de crescimento no trimestre. 

“Segundo informado na teleconferência de resultados, o segmento institucional mostrou crescimento acima dos demais, mas ainda é pouco representativo em termos de números. Apesar da queda na margem bruta devido a uma maior ociosidade fabril, merecem destaque o aumento da margem Ebitda e a forte geração de caixa operacional registrada por mais um trimestre, que corrobora com o entendimento de que a perpetuidade do indicador contribui para a manutenção de um negócio saudável, com a possibilidade de queda de alavancagem financeira no futuro”. 

Para a XP Investimentos, os resultados da Best in Class foram mistos no 1T24: um lucro líquido de R$ 392 milhões; receita líquida aumentou 7,6% A/A, devido ao crescimento do sell-out do canal de varejo farmacêutico.

“O lucro líquido foi parcialmente consumido pelas despesas financeiras líquidas, dada a atual alavancagem financeira da empresa (2,7x EBITDA ajustado). A empresa registrou melhorias na conversão de caixa operacional, mas o crescimento do capital de giro acima da receita líquida continua sendo um ponto de atenção. Em suma, consideramos esses resultados como mistos, com as melhorias no lucro líquido e na geração de caixa sendo positivas, e o aumento do capital de giro sendo negativo”, comentam os analistas.

O que esperar de Hypera (HYPE3)?

Segundo a Nord, a forte geração de caixa operacional da companhia foi positivamente impactada pela redução dos estoques e ajustes na concessão de crédito a fornecedores. 

“A companhia adotou uma estratégia vencedora em reduzir os estoques internos de matérias-primas e produtos acabados, o que gerou um ótimo resultado no 1T24.” A Hypera encerrou o trimestre a 2,5x dívida líquida/Ebitda, reduzindo gradativamente, o que é bastante positivo.

Vale a pena investir?

Levando em conta as quedas das ações, o 1T24 veio dentro do que os analistas esperavam para o primeiro trimestre do ano. 

“Esperamos um ritmo de crescimento mais forte ao longo de 2024. A companhia negocia cerca de 8x lucros em 2025, cerca de 40% de desconto frente aos números atuais (11x lucros). Achamos que a companhia está mais do que de graça com esses apontamentos do setor e desconto de múltiplos. Nesse sentido, mantemos recomendação de compra para as ações da Hypera.”

Quer saber quais as principais recomendações para investir conforme a seleção Best in Class? Veja a lista de ativos, por aqui.

Publicidade

Clube Acionista

A maior cobertura para impulsionar sua carteira de investimentos

Agendas

Saiba quando as empresas vão pagar antes de investir.

Análises

Veja análises dos bancos e corretoras em um só lugar.

Carteiras

Replique carteiras dos bancos e corretoras para investir com segurança.

Recomendações

Descubra a média de recomendações de empresas e fundos.

Clube Acionista

A maior cobertura para impulsionar sua carteira de investimentos

Agendas

Análises

Carteiras

Recomendações

Comece agora mesmo seu teste grátis

Este post está disponível na íntegra no Clube.Acionista

Picture of Cátia Chagas

Cátia Chagas

Editora e produtora de Conteúdo do Portal Acionista e Clube. Foco em mercado de capitais; empresas e ESG. Atua também em Jornalismo de Produto (certificada pelo Knight Center for Journalism in the Americas). Jornalista graduada PUCRS; Especialização em Comunicação Política pela UNISC; MBA em Comunicação e Marketing para Mídias Sociais na Universidade Estácio de Sá; Especialização em Gestão e Governança Corporativa aplicada a práticas ESG. Com passagem pelos veículos G1RS; GZH e Grupo Sinos.
Picture of Cátia Chagas

Cátia Chagas

Editora e produtora de Conteúdo do Portal Acionista e Clube. Foco em mercado de capitais; empresas e ESG. Atua também em Jornalismo de Produto (certificada pelo Knight Center for Journalism in the Americas). Jornalista graduada PUCRS; Especialização em Comunicação Política pela UNISC; MBA em Comunicação e Marketing para Mídias Sociais na Universidade Estácio de Sá; Especialização em Gestão e Governança Corporativa aplicada a práticas ESG. Com passagem pelos veículos G1RS; GZH e Grupo Sinos.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria, quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. O conteúdo da publicação pode conter elementos de texto gerados por inteligencia artificial. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Mais destaques

Bull Market: As 10 empresas mais valorizadas do momento

O Bull Market é um ranking gratuito para identificar as Top 10 empresas mais valorizadas desde suas mínimas. Dessa forma, consideramos o valor mínimo atingido no intervalo de 1 ano (52 semanas) em relação ao preço atual. Em suma, Bull Market é um termo utilizado por investidores de Bolsa de Valores.

Rumo (RAIL3): 25,75% de mulheres em cargos de liderança em 2023

Entre os 10 compromissos sustentáveis da Rumo (RAIL3), está o de promover a diversidade de gênero nos processos seletivos e mapa de sucessão, além de desenvolver as pessoas continuamente. Conforme Relatório de Sustentabilidade de 2023, a empresa teve um avanço para 25,75% de mulheres em cargos de liderança; contratação de

Libere todas as recomendações para investir

Mais lidas

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.