Publicidade
Publicidade

Mulheres em Ação

Como se preparar para imprevistos financeiros

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Imprevistos ocorrem todos os dias. Se há algo que podemos prever é que eventos inesperados irão ocorrer com certeza e nós não poderemos antecipar todos os impactos financeiros que eles irão provocar. Por isso, o ditado que diz: “Espere o melhor, se prepare para o pior” é sempre atual e nos lembra da importância de planejar com antecedência.

Certos imprevistos podem colocar o nosso patrimônio em perigo e a melhor forma de reduzir o impacto financeiro que causam, é fazendo o planejamento financeiro e criando uma reserva de emergência. Um bom planejamento financeiro exige controle minucioso dos gastos, das receitas e deve considerar períodos de curto, médio e longo prazo.

Conhecer e antecipar possíveis  imprevistos e riscos financeiros pode ajudar a reduzir o impacto financeiro que provocam. Conheça as dicas de como mediar os eventos inesperados e impedir que possam interferir de forma drástica em seus planos de futuro.

Publicidade




Como lidar com uma despesa extraordinária?

O senso comum nos diz que é impossível eliminar todos os riscos de nossas vidas financeiras. Não podemos controlar se os mercados estarão aquecidos ou inibidos, ou se haverá crise econômica no próximo ano. Nós também não sabemos quando os juros irão subir e quando a bolsa de valores vai cair. 

Na vida cotidiana, eventos inesperados também afetam nossas finanças: um divórcio, uma doença grave, ou mesmo uma despesa extraordinária podem criar um déficit financeiro que atrapalha nosso equilíbrio financeiro.  As mulheres são mais afetadas nestas situações, por que, se preparam pouco para estes momentos de desequilíbrio. Não há uma cultura entre elas de se precaver financeiramente. Mas saiba:

“Qualquer coisa que coloque em risco sua renda e taxa de poupança pode ser uma ameaça ao seu bem-estar financeiro”, diz Eliane Tanabe, CEO da ElasBank. Segundo a especialista, é possível consultar um conselheiro financeiro para obter recomendações sobre as melhores formas de preservar suas finanças dos riscos mais comuns que nos atingem. 

O quê fazer se você tiver uma necessidade inesperada de dinheiro?

Ninguém quer estar em um momento de instabilidade de mercado, mas estes momentos acontecem e, muitas vezes, exigem liquidar seus investimentos. Também não queremos acumular dívidas no cartão de crédito para pagar contas inesperadas, mas algumas vezes, temos que enfrentar necessidades súbitas de dinheiro. 

Se não podemos prever o futuro, precisamos pensar em como guardar dinheiro para emergências financeiras. Uma estratégia de gerenciamento de caixa pode ajudar a preservar suas finanças contra perda de emprego ou despesas inesperadas com saúde, por exemplo.

Quais as formas de se preparar? Um fundo de emergência é necessário para criar uma boa estratégia de gestão financeira. Reveja as despesas recentes de vários meses para determinar a quantidade certa de dinheiro que você gasta mês a mês. O ideal é fazer uma reserva de dinheiro suficiente para pagar as suas despesas por 12 meses, caso seja necessário.

Para te ajudar nessa etapa, a sua conta ElasBank não só oferece uma integração “Open banking” com as suas contas em outros bancos, mas também disponibiliza um robô (uma ferramenta de inteligência artificial) para você fazer o seu orçamento. 

Se desejar, pode contactar um especialista em crédito bancário para identificar potenciais fontes de recursos que você pode usar na hora do aperto. Para despesas inesperadas, como a reforma de uma casa, com um valor acima do orçamento, a melhor alternativa é pegar um empréstimo.

Vale aqui a regra: quanto melhor a garantia oferecida na hora de pegar o empréstimo, menor será o custo (ou taxas de juros) que você pagará pelo empréstimo.

 Se você tiver uma casa, um carro ou até um celular como garantia, já existem empresas no mercado que podem conceder crédito com taxas razoáveis. Tente evitar ao máximo as alternativas de “Cheque Especial” e “Cartão de Crédito” que cobram juros maiores.

O divórcio também é um caso muito comum de despesa extraordinária. Quer saber mais? Lei os artigos publicados pela ElasBank sobre o tema.

Conte com a ajuda da ElasBank

O motor de investimentos da ElasBank continuamente recomenda uma estratégia apropriada para sua idade, objetivos, necessidades de liquidez e capacidade de lidar com riscos.

Abra sua conta, e peça o aconselhamento de um Concierge de Investimentos das parceiras ElasBank. Aprenda a lidar com qualquer número de riscos que podem ameaçar sua segurança financeira.

Gostou do artigo? Conte nos comentários, o que mais você quer ler por aqui! Acompanhe a ElasBank para saber mais sobre finanças para mulheres em www.elasbank.com.br.

ElasBank

ElasBank

A empresa ElasBank atua focada na prestação de serviços financeiros voltados para o atendimento ao seguimento de Fintech Ladies, Startups e empreendedoras que fornecem serviços para o público feminino.

Newsletter Mulheres em Ação

Cadastre-se e receba semanalmente as novidades da página e dicas de conteúdos exclusivos.

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Acionista consome. Acionista investe.

Consumir da empresa que você é
Acionista auxilia nos seus rendimentos?

Receba notícias pelo Telegram

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.