O cenário mais otimista é um bom momento para os investimentos em BDRs de ETFs, principalmente se você quer rendimentos ao longo do ano corrigidos em dólar. Quem sabe ser dono de imóveis mundo afora?

Já publicamos que a economia dos EUA continua mostrando um ritmo de crescimento sólido, acompanhado de uma inflação mais volátil, mas que segue em trajetória de desaceleração. O Fomc, comitê do FED, segue no processo de construir a confiança para iniciar o ciclo de ajuste do posicionamento da política monetária e a comunicação recente, munido dos novos dados, reforça que o ciclo de cortes de juros começa em junho. A expectativa de realizar 3 cortes na taxa de juros em 2024, ao mesmo tempo em que antecipa uma inflação persistente e uma atividade robusta nos próximos anos. 

S&P 500 e os BDRs de ETFs como alternativa

O S&P 500 registrou, de janeiro a março de 2024, o seu melhor primeiro trimestre em 5 anos, com uma alta de 10,16% no período, segundo informações do site Inteligência Financeira. Enquanto isso,  o Ibovespa fechou o mesmo período com uma queda de -4,53%.

O S&P 500 foi impulsionado pelo otimismo em relação às ações relacionadas à Inteligência Artificial. Além disso, ajudou no ganho trimestral sólido a expectativa de que o Federal Reserve começará a cortar a taxa de juros neste ano.

Já ouviu falar no  ETF BGRT39 iShares Global REIT? Para conhecer este ETF e muito mais sobre BDRs de ETFs, seja assinante exclusivo do Acionista! VEJA POR AQUI.

Publicidade

CONHEÇA A COBERTURA QUE VAI

AUMENTAR SEU DINHEIRO NOS INVESTIMENTOS

Agendas, Análises, Recomendações, Carteiras e muito mais!