Setor de Varejo: Provável fusão entre a B2W e Lojas Americanas é comentada pelas empresas

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

A B2W e a Lojas Americanas confirmam estarem avaliando uma possível fusão entre suas operações.

Isto prova que atualmente, o varejo físico requer forte integração com o meio eletrônico para ser mais efetivo em termos de vendas e questões logísticas e assim disparar entre os pares.

Na visão do mercado, é notável o esforço que as empresas vêm realizando para operar em conjunto; no entanto avaliam que sob o cenário atual, com divisões societárias e sem estrutura e culturas únicas, os ganhos serão sempre parciais. Apenas com planos 100% integrados é que será possível obter os melhores resultados.

Três pontos de atenção no movimento, são: a relação de troca de ações entre as empresas, a expectativa de alta no papel das companhias na B3 (puxado por uma valorização da ação ON da B2W) e os ganhos advindos da integração.

Segundo as próprias companhias na nota divulgada na sexta-feira, a fusão poderia acelerar a agenda de fusões e aquisições, mirando em novos talentos e acelerando a entrada em outras áreas on-line.

Impacto: Positivo. A fusão entre ambas poderia gerar uma série de sinergias para as companhias que hoje já reúnem esforços para operar em conjunto. Segundo as próprias companhias na nota divulgada na sexta-feira, a fusão poderia acelerar a agenda de fusões e aquisições; mirando em novos talentos e acelerando a entrada em outras áreas on-line. É possível manter um ponto de atenção também na relação de troca e potencial de ganhos das ações na B3.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos