Publicidade
Publicidade

Apoio governamental protegeu receitas fiscais dos impactos da pandemia, diz OCDE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
De acordo com uma nova pesquisa da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o impacto da pandemia de covid-19 sobre as receitas fiscais foi menor do que durante crises anteriores. O motivo está nas medidas de apoio governamental introduzidas para apoiar famílias e empresas.

 

O documento também mostra que a taxa média de impostos em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) da OCDE aumentou ligeiramente para 33,5% em 2020, um aumento de 0,1 ponto porcentual desde 2019.

 

“Embora as receitas fiscais nominais tenham caído na maioria dos países da OCDE, as quedas no PIB dos países costumavam ser maiores, resultando em um pequeno aumento na proporção média de impostos em relação ao PIB”, diz o texto.

 

Segundo o relatório, muitas das medidas de política tributária implementadas tiveram um custo de receita direta por meio de reduções nas obrigações tributárias, aumento dos créditos, deduções fiscais e reduções nas taxas de impostos.


Encontre o que você precisa

Personalize da forma que achar melhor e tenha o seu acesso conforme a sua preferência:

Em pouco cliques, customize quais assuntos você quer que apareçam na sua home.

Salve conteúdos para ler quando quiser e não perca nenhuma atualização.

Publicidade


Tudo isso pelo Meu Feed, no Clube Acionista.

A transparência para as suas decisões de investimentos.

Encontre relatórios de instituições concorrentes, compare entre as sugestões e deixe de ter que se cadastrar em cada canto da internet para receber suas notificações preferidas.

Conheça o Clube Acionista, a plataforma que reúne diversos especialistas do mercado em um só lugar. A facilidade de não precisar sair procurando por boa informação em diferentes canais.

APROVEITE!

Estadão Conteúdo

Estadão Conteúdo

"O Estado de S. Paulo" é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez "A Província de S. Paulo" - seu nome original.

Você pode se interessar por

Acionista consome. Acionista investe.

Você como Acionista, consome da
empresa que investe?

Receba notícias pelo Telegram

Publicidade

Publicidade
Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Parabéns!
Cupom de Desconto Descoberto!

Cupom: BEMVINDO10

Participe do Telegram Acionista!

Receba informações do mercado financeiro gratuitamente.

Não vá embora ainda!

Conheça nosso Clube exclusivo e gratuito

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.