AERIS (AERI3) negocia contrato de cerca de R$ 2,5 bilhões com a Siemens

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

A Aeris, fabricante de pás eólicas com atuação recente em bolsa, está perto de concluir um acordo de aproximadamente R$ 2,5 bilhões com a Siemens Gamesa, empresa espanhola.

A empresa possui poucos clientes, mas estes conseguem em conjunto deter quase toda a participação do mercado. O novo acordo com a Siemens Gamesa contribui para que a Aeris diversifique sua base de clientes.

O contrato, válido até 2023, prevê a entrega de pás eólicas com capacidade para produzir o equivalente a 3 gigawatts de energia elétrica. Representando valor superior ao das entregas da empresa em um ano. Como comparação, a Aeris entregou o equivalente a 2 gigawatts entre janeiro e setembro do ano passado – o que rendeu uma receita líquida de R$ 1,4 bilhão.

O contrato tem a opção de ser estendido até 2025, ampliando o volume de entregas. As pás compradas pela Siemens Gamesa serão destinadas majoritariamente ao mercado externo de acordo com fontes.

Paralelamente, a Aeris também está próxima de um acordo com a alemã Nordex, que há é sua cliente, para fornecer pá eólica de 81,5 metros – o diâmetro do rotor tem 163 metros. Será a maior do gênero fabricada no Brasil.

Impacto: Positivo. A Aeris já tem entre sua base de clientes os grandes detentores de seu mercado de atuação. Agora, após a conclusão do acordo com a Siemens, esta rede terá maior diversificação e ainda mais relevância. Gostamos do call e acreditamos que a empresa deve se beneficiar com a agenda de Joe Biden, que reúne muitas medidas relacionadas à práticas sustentáveis.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos