Publicidade

4 em cada 10 brasileiros dizem que nunca ou às vezes sobra dinheiro

Tempo de leitura: ‍

Imagem: Freepik

Há algum tempo os brasileiros não conseguem um bem-estar financeiro. Segundo levantamento realizado pelo Banco Central, em parceria com o Fundo Garantidor de Créditos (FGC), 4 em cada 10 brasileiros afirmam que nunca ou raramente sobra dinheiro no fim do mês. A base de dados ainda reforça que 36% estão preocupados que o dinheiro não vai durar.

A pesquisa mostra ainda que 48,6% dos brasileiros estão se virando financeiramente, ou seja, conseguem liquidar parte das dívidas deixando outras para o próximo mês. Do total, 49,1% afirmam que problemas financeiros são motivos de estresse em casa.

Segundo Fernando Lamounier, educador financeiro e sócio diretor da Multimarcas Consórcios: “Para o brasileiro, a instabilidade econômica do país é o agente dificultador de um padrão de vida financeira saudável para o cidadão comum. A alta inadimplência deve-se à situação dos salários baixos e desemprego elevado”.

Publicidade

SIMULAÇÃO GRATUITA: Descubra onde investir e fazer o seu dinheiro render de verdade.
Veja por aqui.

Falta resiliência financeira nos brasileiros

Participaram da pesquisa dois mil brasileiros, entre 16 e 79 anos de idade, de uma amostra representativa de diversas regiões do país. Dos entrevistados, 6 em cada 10 afirmaram não ter resiliência financeira, ou seja, se acontecesse algo inesperado neste momento, no mesmo valor da renda mensal, a maioria não conseguiria arcar sem recorrer a empréstimos ou apoio familiar.

De acordo com o especialista, é necessário um planejamento financeiro para estar preparado para eventuais imprevistos. “A consciência de gastos e o planejamento para realização de grandes projetos beneficia não apenas o detentor do dinheiro, mas todos ao seu redor”, destaca.

Lamounier ressalta que para se ter uma vida financeira saudável e não entrar no vermelho é importante seguir alguns passos, como mapear a renda total, separar as despesas fixas no seu orçamento, esquematizar as despesas variáveis e organizar as dívidas.

Tecnologia e segurança

O levantamento ainda mapeou as decisões comportamentais ligadas ao uso de produtos e serviços por meio da tecnologia. 93% dos entrevistados afirmam não compartilhar senhas bancárias com amigos e familiares e 90,3% não compartilham informações sobre finanças pessoais publicamente on-line. Por outro lado, apenas 13% das pessoas entrevistadas trocam regularmente as senhas em sites de compras e administração de finanças pessoais.

Para Jonathan Arend, consultor de cibersegurança da keeggo, é importante cadastrar senhas complexas e exclusivas para cada sistema que é acessado e considerar usar um gerenciador para criá-las e armazená-las. Também é recomendado utilizá-las periodicamente, orienta o especialista.

PIX é rei absoluto entre os brasileiros

Dentre a lista de 23 produtos e serviços usados pelo Banco Central para medir a inclusão financeira dos brasileiros, 74% dos entrevistados conhecem, ao menos, 13 ou mais produtos ou serviços listados. Pix, cartão de crédito e conta corrente ou conta salário são os produtos ou serviços mais utilizados pelos brasileiros, o PIX foi o mais lembrado com 91,6% de conhecimento e 64% de uso.

Para Cristiano Maschio, diretor da fintech Qesh: “A praticidade, baixo custo e disponibilidade 24 horas, sete dias por semana, fez com que o Pix se tornasse uma escolha conveniente para consumidores, pequenas e grandes empresas. Não demorou para ele ocupar o lugar do cartão de débito e de transferências como DOC e TED.

Publicidade

SIMULAÇÃO GRATUITA: Descubra onde investir e fazer o seu dinheiro render de verdade.
Veja por aqui.

(Enviado por Fábio Bouças/Press FC)

Publicidade
Acionista.com.br

Acionista.com.br

O portal Acionista.com.br aproxima investidores, informações e investimentos com conteúdos atualizados diariamente sobre o mercado financeiro e as companhias abertas nos diferentes meios digitais – website e redes sociais.
Acionista.com.br

Acionista.com.br

O portal Acionista.com.br aproxima investidores, informações e investimentos com conteúdos atualizados diariamente sobre o mercado financeiro e as companhias abertas nos diferentes meios digitais – website e redes sociais.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Mais destaques

Petrobras (PETR): Notícias divulgadas na mídia

A Petrobras (PETR) esclarece que a celebração do contrato de tolling com a Unigel respeitou o sistema de governança da empresa e todos os trâmites e procedimentos pertinentes, inclusive quanto ao limite de competência previsto nas normas internas vigentes para aprovação dos contratos de serviço. Link para acesso: Clique aqui

Mercado Livre (MELI34): hora de comprar os BDRs após 4T23?

O Mercado Livre (MELI34) divulgou seus resultados financeiros na quinta-feira (22/02/2024), após o fechamento do mercado. Os números surpreenderam positivamente Wall Street, mas suas ações reagiram de forma negativa no dia. Conforme o desempenho dos BDRs da empresa, neste ano de 2024 o ativo já apresenta alta de 5,78%. Passando

Mais lidas

ESPERE! Antes de sair...

Aproveite a oportunidade que não pode ser deixada para depois.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.