Vale fecha acordo de US$ 25 mi para encerrar ação da barragem do Fundão em NY

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Ações da Semana
A Vale informou que fechou acordo na Justiça de Nova York para encerrar a ação coletiva dos detentores de American Depositary Receipts (ADRs) da mineradora no processo relacionado ao rompimento da barragem do Fundão da Samarco, ocorrido em novembro de 2015.

Em fato relevante, a mineradora afirmou que pagará U$ 25 milhões. A sentença final ainda será dada pelo juiz que encerrará a ação definitivamente. “O processo é final e vinculativo para os membros de classe que aderiram ao acordo nesta ação coletiva”, disse a Vale.

Em fevereiro, a Vale e os investidores na Bolsa de Valores de Nova York já tinham chegado a um pré-acordo. Os investidores alegavam que a Vale, sócio da Samarco juntamente com a BHP Billiton, omitiu dados sobre seus procedimentos de segurança na operação da barragem, em Mariana (MG). O rompimento da barragem de Fundão matou 19 pessoas, além de destruir vilarejos e a vegetação local com rejeitos de minério.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Conheça o Painel Acionista: em um só lugar tudo o que você precisa saber sobre investimentos