TOCANTINS – Doação de mais de 3,8 mil cestas beneficia famílias indígenas em quatro estados

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

As famílias indígenas de Tocantins devem voltar a receber as cestas de alimentos confeccionadas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) ainda neste mês.  A Companhia retomou, na última semana, o transporte de 612 cestas para a  coordenação regional da Fundação Nacional do Índio (Funai) no município de Tocantinópolis. Também foram expedidas outras 99, destinadas à instituição, na cidade de Araguaína.

A iniciativa prevê a entrega de um total de 3.856 cestas para atender 1.928 famílias que vivem em comunidades indígenas não apenas do estado tocantinense, mas também, segundo a Funai, de Mato Grosso, Goiás e Pará. A expectativa é que até o dia 24 deste mês, todas as cestas já estejam na posse da fundação.

Cada família vai receber duas unidades, contendo, cada uma, 10 kg de arroz, 4 kg de feijão, 1 kg de fubá de milho, 2 kg de mandioca, 1 lt de óleo de soja, 2 kg de açúcar cristal, 1 kg de leite em pó e 1 kg de macarrão.

Em Tocantins, a ação teve início em 16 de junho e já foram entregues 428 cestas. Os alimentos foram adquiridos com recursos do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), com vistas a atender emergencialmente as pessoas em situação de vulnerabilidade e mitigar os efeitos negativos provocados pela pandemia da COVID-19 nas comunidades locais.

Mais informações para imprensa:
Gerência de Imprensa
(61) 3312-6338/ 6344/ 6393/ 2256
[email protected]b.gov.br

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.