Publicidade
Publicidade

Startup quer ser solução para o ‘last mile’

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

A falta de uma maior oferta de espaços vagos disponíveis é um obstáculo para que o sistema de compartilhamento de armazenagem seja usado pelas empresas de comércio eletrônico como pontos de distribuição de mercadorias mais próximas da casa do cliente.

“Estamos sendo procurados por e-commerces em busca de espaço de armazenamento para o ‘last mile’ (última milha)”, conta Mario Quintanilha, CEO da startup All In Storage. Ele diz que tem negócios engatilhados, mas falta uma quantidade maior de espaços disponíveis para fechar o pacote com essas companhias.

Na opinião de Eduardo Terra, presidente da SBVC, há um desafio maior para esses espaços se transformarem em hubs de distribuição do ‘last mile’. Eles precisam ter uma proposta tecnológica para se integrar aos grandes e-commerces, que são muito automatizados.

Publicidade



Hoje, a startup tem quase 5 mil imóveis cadastrados, 50% residências e 50% imóveis comerciais, incluindo empresas de self storage. Deste total, 400 contratos foram fechados.

O investimento inicial foi de R$ 1,5 milhão. O plano é captar R$ 40 milhões em 2022 para atingir metas ousadas. “Queremos passar o Airbnb em dez anos”, diz Quintanilha. Em 2020, o Airbnb, gigante americana que opera no mercado online de hospedagem, atingiu receita de US$ 3,378 bilhões.

*As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Estadão Conteúdo

Estadão Conteúdo

"O Estado de S. Paulo" é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez "A Província de S. Paulo" - seu nome original.

Você pode se interessar por

Acionista consome. Acionista investe.

Consumir da empresa que você é
Acionista auxilia nos seus rendimentos?

Receba notícias pelo Telegram

Publicidade

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.