Senado aprova medida que libera crédito de R$ 2,1 bi para ministérios

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

O plenário do Senado aprovou nesta quinta-feira, 30, medida que liberou crédito extraordinário de mais de R$ 2,1 bilhões para os Ministérios da Educação, Saúde e Cidadania. A MP 941, que venceria hoje, foi aprovada de madrugada pela Câmara. Com a chancela dos senadores, o texto segue agora para a promulgação.

A medida foi relatada pelo senador Marcelo Castro (MDB-PI), que não propôs mudanças ao texto para evitar que caducasse. A MP foi editada em abril e repassou R$ 2,049 bilhões para o Ministério da Saúde, R$ 50,1 milhões para Ministério da Cidadania e R$ 14,9 milhões para o Ministério da Educação.

Os recursos foram liberados para a aplicação em ações de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Segundo a Consultoria de Orçamento da Câmara, os três ministérios já gastaram R$ 1,675 bilhão, o equivalente a 79% do total liberado.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.