Boletim Focus – Para 2020 a mediana das expectativas aponta para redução da inflação, do PIB e da Meta Selic, com alta do câmbio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Dentre as alterações contidas no Boletim Focus divulgado na segunda-feira (20) referente a 17 de abril, destaque em 2020 para a redução do IPCA (6ª consecutiva) do PIB (10ª consecutiva), a redução da Selic e alta do câmbio. Tomando por base 2021 ressalte-se a redução da expectativa para a inflação, alta do PIB, manutenção da Selic e alta do câmbio (5ª consecutiva).

A inflação esperada foi mais uma vez reduzida, por conta da desaceleração econômica e os impactos do Covid-19 e permanece com tendência de queda

No Boletim Focus desta semana, a mediana das expectativas aponta para um IPCA de 2020 em 2,23%, com queda em relação a 2,52% da leitura anterior. Já nas atualizações dos últimos 5 dias úteis, o IPCA foi reduzido de 2,35% para 2,19% o que demonstra a tendência para baixo deste indicador. Para 2021 a mediana das estimativas para o IPCA foi reduzida de 3,50% para 3,40% e reflete o efeito de carregamento de um ano para o outro.

Meta Selic

No Boletim Focus desta semana a expectativa para a Selic em 2020 foi reduzida de 3,25% para 3,00% sensibilizada pela clara tendência de arrefecimento da atividade econômica nesse ambiente de isolamento social e seus desdobramentos. Para 2021 a Meta Selic foi mantida em 4,50%.

O PIB deste ano deve apresentar forte queda devido à desaceleração esperada para as economias no mundo e no Brasil

Para 2020 a mediana das estimativas foi reduzida de -1,96% para -2,96%. Para 2021 a mediana das expectativas para o PIB foi elevada de 2,70% para 3,10%.

Dólar

A taxa de câmbio foi elevada de R$ 4,60 para R$ 4,80 em 2020 e de R$ 4,47 para R$ 4,50 para 2021. A tendência de curto prazo permanece de alta refletindo a intensa volatilidade dos mercados em função da pandemia, com impactos relevantes na economia global.

Produção industrial

A mediana do agregado para a produção industrial foi reduzida de -1,42% para -2,25% em 2020 e também reduzida de 2,95% para 2,90% em 2021.

Destaques do Boletim Focus para 2020:

IPCA: 2,23%

IPCA (atualização dos últimos 5 dias): 2,19%

PIB: -2,96%

Taxa de câmbio: R$ 4,80

Meta Selic: 3,00%

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.

Especial Resultados 3T20 já disponível

Confira os relatórios e comentários sobre o desempenho das empresas neste trimestre.