Radar Empresas: Vale, Bradesco, Magazine Luiza, PetroRio e Tim

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Vale

Confira as notícias mais relevantes a respeito das principais empresas da bolsa de valores. No Radar Empresas de hoje temos Vale, Bradesco, Magazine Luiza, PetroRio e Tim.

BNDES prepara venda de debêntures da Vale (VALE3)

O BNDES espera concluir a venda de cerca de R$ 2 bilhões em debêntures da Vale até o início do próximo ano, disse um executivo do banco de fomento na quarta-feira (7).

Dessa maneira, em setembro, o BNDES informou que contratou bancos para coordenar a oferta. Enfim, faz parte de sua estratégia para se desfazer dos títulos por seu braço de investimentos, BNDESPar, e focar principalmente em pequenas empresas e infraestrutura.

Bradesco (BBDC4) dá a largada em plano de negócios nos EUA

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) firmou acordo com o Bradesco em investigação de supostas práticas anticompetitivas contra o GuiaBolso, segundo o Valor Econômico.

Portanto, o órgão homologou um Termo de Compromisso de Cessação no qual o banco se compromete a interromper as condutas investigadas e pagar R$ 23,8 milhões em contribuição pecuniária.

Além disso, também segundo o jornal, o Bradesco obteve a aprovação que faltava para assumir o controle do BAC Florida, banco nos Estados Unidos cuja aquisição foi anunciada no ano passado por US$ 500 milhões.

Magazine Luiza (MGLU3) aprova desdobramento de ações na proporção de 1 para 4

Os acionistas do Magazine Luiza aprovaram, em assembleia extraordinária na última quarta-feira (7), a proposta de desdobramento de ações da companhia na proporção de um para quatro, informou a varejista em fato relevante.

Desse modo, os papéis passarão a ser negociados com desdobramento no dia 14 de outubro e os acionistas que tiverem ações no dia 13 receberão as ações adicionais no dia 16.

Quer saber onde investir? Reunimos os melhores especialistas do mercado em um só lugar. Confira Aqui.

PetroRio (PRIO3) divulga dados de setembro

A PetroRio divulgou os dados operacionais preliminares e não auditados referentes ao mês de setembro. Desse modo, de acordo com a empresa, a produção diária total ficou em 32.938 barris de óleo equivalente por dia (boed). Por fim, as vendas no período somaram 906.841 barris da commodity.

Tim (TIMP3) aprova pagamento de R$ 500 milhões em JCP

A Tim informou na quarta-feira (7), através de aviso aos acionistas, que seu conselho de administração aprovou a distribuição de R$ 500 milhões a título de Juros Sobre Capital Próprio (JCP).

Portanto, de acordo com o comunicado, o pagamento está previsto para acontecer até o dia 30 de novembro desse ano, ao passo que em 20 de outubro as ações da TIM passarão a ser negociadas ‘ex-JCPs’.

Fonte: Necton, Terra Investimentos

A principal referência do mercado financeiro

Aqui no Acionista você tem a oportunidade de ler, comparar e decidir.

Trabalhamos em prol do investidor, aproximando em apenas um local diversas opiniões, sugestões e expectativas para o mercado.

Tempo é dinheiro. Poupamos seu tempo para que você foque no dinheiro.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também