Radar Empresas: Oi, Petrobras, Totvs, Linx, BRF e mais

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Oi

Confira as notícias mais relevantes a respeito das principais empresas da bolsa de valores. No Radar Empresas de hoje temos Oi, Petrobras, Totvs, Linx, BRF e resultados de Magazine Luiza.

Oi (OIBR3) espera captar R$ 2 bilhões para a expansão de sua rede de fibra ótica

A Oi, companhia que se encontra em recuperação judicial, pretende captar mais R$ 2 bilhões entre o fim de 2020 e o início do ano que vem. Assim, os recursos deverão ser utilizados para aumentar a expansão das redes de fibra ótica pelo Brasil, que é o foco de operações da tele. As informações são do jornal “O Estado de S. Paulo” e foram publicadas na manhã desta terça-feira (18).

Dessa maneira, para que esta captação saia do papel, a Oi necessita de uma aprovação dos credores em relação a sua proposta de aditamento ao plano de recuperação judicial, que foi publicado na semana passada e será submetido à votação em assembleia no próximo dia 8.

Petrobras (PETR4) faz oferta de troca de títulos não registrados

A Petrobras informa aos seus acionistas e ao mercado em geral o início da oferta de troca de títulos não registrados emitidos em 18 de setembro de 2019 por títulos registrados na Securities and Exchange Commission (SEC), com vencimento em 2030, de sua subsidiária integral Petrobras Global Finance.

Desse modo, de acordo com a petroleira, a oferta de troca se restringirá aos detentores dos títulos 5,093% Global Notes com vencimento em 2030 em volumes equivalentes a US$ 4.115.281.000 não registrados, que poderão trocá-los por títulos registrados na SEC. Enfim, a troca irá expirar às 17h (horário de Nova York), no dia 15 de setembro de 2020.

Totvs (TOTS3) ameaça ir à Justiça contra termos de proposta concorrente pela Linx (LINX3)

A fabricante de softwares de gestão Totvs ameaçou nesta segunda-feira ir à Justiça contra os termos de proposta concorrente pela Linx subindo o tom no caso em que concorre com a StoneCo (STN). Desse modo, a Stone, de meios de pagamentos, anunciou na terça-feira passada acordo vinculante para unir sua área de software com a Linx, numa transação em dinheiro e ações que avalia a produtora de programas para varejo em 6,4 bilhões de reais. Além disso, um dos pontos polêmicos da proposta é uma multa em caso de fracasso do negócio.

A Stone deve pagar 605 milhões de reais para a Linx, caso o Cade não aprove a transação. Mas a Linx teria que pagar a multa se aceitasse uma proposta concorrente. Portanto, caso a assembleia da Linx não aprove o negócio, ainda teria que pagar 25% da multa desse valor para a Stone.

BRF (BRFS3) tem pedido de licença suspendida em Hong Kong

Hong Kong suspendeu o pedido de licença para importação de carne de frango de uma fábrica da Aurora Alimentos. Portanto, o movimento ocorre depois que uma amostra da superfície de asas de frango da planta deu positivo para o novo coronavírus na vizinha Shenzhen.

Com a temporada de resultados, você não pode perder as principais análises do mercado sobre os balanços reportados pelas empresas.

Portanto, entenda a importância dos resultados trimestrais e tenha em mãos a melhor cobertura do mercado.

Magazine Luiza (MGLU3) tem prejuízo ajustado de R$ 62 mi no 2º trimestre; vendas no e-commerce saltam 182%

O Magazine Luiza (MGLU3) reverteu um lucro líquido ajustado de R$ 85,2 milhões registrado no segundo trimestre de 2019 em um prejuízo líquido ajustado de R$ 62,2 milhões no mesmo período deste ano, informou a varejista em seu release de resultados na noite desta segunda-feira (17).

Dessa forma, apesar do dado aparentemente negativo, o prejuízo ficou abaixo da mediana da estimativa compilada pelo consenso Bloomberg, de R$ 127,8 milhões (com variação nas expectativas entre dado negativo de R$ 122 milhões e R$ 136 milhões).

Fonte: Necton e Terra Investimentos

A principal referência do mercado financeiro

Aqui no Acionista você tem a oportunidade de ler, comparar e decidir.

Trabalhamos em prol do investidor, aproximando em apenas um local diversas opiniões, sugestões e expectativas para o mercado.

FAÇA PARTE DO NOSSO TELEGRAM

Tempo é dinheiro. Poupamos seu tempo para que você foque no dinheiro.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email