Radar Empresas: CVC, Hypera, MRV, Petrobras e mais

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

CVC

Confira as notícias mais relevantes a respeito das principais empresas da bolsa de valores. No radar empresas de hoje temos CVC, Hypera, MRV, Petrobras e Cyrela.

CVC (CVCB3) estima perdas de R$ 756 milhões com a pandemia

A CVC Corp, maior grupo de turismo do país, anunciou uma previsão de perdas de R$ 756 milhões durante o primeiro semestre do ano, causadas pela pandemia de covid-19.

Portanto, essas perdas tornam mais crítica a situação da companhia, que havia sofrido outros revezes, incluindo a quebra da Avianca Brasil (Oceanair), alta do dólar e vazamento de óleo no Nordeste.

Hypera (HYPE3) vende Neocopan para a União Química

A Hypera Pharma vendeu a marca Neocopan para a União Química. Assim, o remédio faz parte do portfólio da NeoQuímica, braço de medicamentos isentos de prescrição da Hypera.

Além disso, o negócio está avaliado entre R$ 60 milhões e R$ 90 milhões considerando que operações desse tipo equivalem de duas vezes a três vezes as vendas do medicamento.

Vendas da MRV (MRVE3) crescem 37% no 2º tri e batem recorde, mas lançamentos caem

A MRV bateu recorde de vendas no segundo trimestre, apoiada por uma estratégia comercial agressiva, e se beneficiou da regularização de repasses para o programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), que minimizaram os efeitos econômicos da pandemia do coronavírus.

Desse modo, a construtora especializada em imóveis econômicos informou nesta terça-feira que suas vendas de abril a junho somaram 1,81 bilhão de reais, com 11.479 unidades negociadas, e um aumento de 37,4% em relação à mesma etapa de 2019.

Petrobras (PETR4) prepara contratação da maior plataforma do Brasil em Búzios

A Petrobras prepara a contratação do que deve ser a maior plataforma de petróleo do Brasil. A aquisição seria o campo gigante de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos. Dessa forma, a empresa está considerando uma unidade flutuante do tipo FPSO capaz de processar 225.000 barris por dia.

Assim, é mais do que a maior plataforma já contratada no Brasil até hoje, pela norueguesa Equinor, para o campo de Bacalhau.

Cyrela (CYRE3) protocolou IPO da Lavvi

A companhia anunciou que protocolou pedido de registro de oferta inicial de ações de sua joint venture, Lavvi Empreendimentos Imobiliários, da qual é acionista, detendo 45% do capital. Portanto, será uma emissão primária e secundária, mas ainda não há detalhamento sobre a operação.

Assim, criada em 01 de novembro de 2016, a joint venture entre a Cyrela e a RH Empreendimentos Imobiliários surgiu com foco em projetos no segmento médio e alto padrão na cidade de São Paulo. Enfim, de acordo com as informações financeiras de ambas representava aproximadamente 1,62% do patrimônio líquido consolidado da companhia.

Fontes: Necton e Terra Investimentos

A principal referência do mercado financeiro

Aqui no Acionista você tem a oportunidade de ler, comparar e decidir.

Trabalhamos em prol do investidor, aproximando em apenas um local diversas opiniões, sugestões e expectativas para o mercado.

FAÇA PARTE DO NOSSO TELEGRAM

Tempo é dinheiro. Poupamos seu tempo para que você foque no dinheiro.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Publicidade

Leia também

Destaques da bolsa ativos durante o pregão - das 10h as 17h - Fonte: Google Finance - delay aprox. de 20 min.

*Dados inativos fora do horário do pregão.