Radar Empresas: CCR, Qsaúde, Rede D’Or e possíveis IPOs

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

Confira as notícias mais relevantes a respeito das principais empresas da bolsa de valores. No Radar Empresas de hoje temos CCR, Qualicorp, Rede D’Or, e possíveis IPOs da Focus e Cruzeiro do Sul Educacional.

Tráfego em rodovias da CCR (CCRO3) recua; movimento nos aeroportos tem menor queda na pandemia

O tráfego nas rodovias administradas pela CCR ampliou a queda na última leitura semanal, enquanto o movimento de passageiros nos aeroportos administrados pela concessionária seguiu se recuperando.

Portanto, de acordo com relatório divulgado nesta sexta-feira, a quantidade de veículos nas estradas sob concessão da CCR entre 9 e 15 de outubro foi 3,6% menor do que em igual período de 2019, em termos comparáveis.

Fundador da Qualicorp lança nova operadora de planos de saúde

O empresário José Seripieri Filho, fundador da Qualicorp, lançou neste domingo (18) sua nova operadora de planos de saúde, a Qsaúde, que recebeu investimentos de R$ 120 milhões.

Desse modo, inicialmente voltado para a cidade de São Paulo, o novo serviço oferecerá planos com mensalidades a partir de R$ 246,39.

Rede D’Or adquire 100% de participação na clínica carioca São Lucas

A Rede D’Or São Luiz, maior grupo hospitalar privado do país, informa que no dia 16 de outubro adquiriu 100% de participação acionária na Clínica São Lucas, localizada na cidade de Macaé, norte do Rio de Janeiro. Por fim, a clínica carioca conta com 55 leitos instalados.

⚠️Safra de balanços 3T20⚠️

A temporada dos Resultados Trimestrais está começando todo vapor, acesse o calendário de resultados do 3T20 do Portal Acionista. Dessa forma, conheça a importância de conhecer o desempenho das empresas. Acesse agora.

Comercializadora de energia Focus contrata bancos para IPO

A comercializadora de eletricidade Focus Energia contratou bancos para coordenar uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) que visa levantar recursos para investir em ativos de geração, segundo documento divulgado nesta sexta -feira.

Assim, a divulgação sobre a operação, que será coordenada por Morgan Stanley, Citibank e Santander Brasil, confirma reportagem publicada mais cedo pela Reuters, citando fontes, que a Focus havia selado acordo com os bancos sobre a oferta.

Cruzeiro do Sul Educacional pretende captar até R$ 1,5 bilhão com estreia na bolsa

A Cruzeiro do Sul Educacional — quarto maior grupo de ensino superior, dono de faculdades como Positivo e Braz Cubas — pretende captar entre R$ 1,2 bilhão e R$ 1,5 bilhão em sua oferta inicial de ações (IPO), prevista para ocorrer no fim do ano, segundo o Valor apurou.

Dessa maneira, o pedido de oferta pública foi enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no dia 7.

Fonte: Necton, Terra Investimentos

A principal referência do mercado financeiro

Aqui no Acionista você tem a oportunidade de ler, comparar e decidir.

Trabalhamos em prol do investidor, aproximando em apenas um local diversas opiniões, sugestões e expectativas para o mercado.

Tempo é dinheiro. Poupamos seu tempo para que você foque no dinheiro.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também