Radar Empresas: BRF, Marfrig, BTG Pactual, Resultados e mais

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

BRF

Confira as notícias mais relevantes a respeito das principais empresas da bolsa de valores. No Radar Empresas de hoje BTG Pactual, BRF, Marfrig, B3, Linx, Vale e resultados de Hypera Pharma e Klabin.

BRF (BRFS3) e Marfrig (MRFG3) recebem aprovação da China para retomar exportações

As companhias de alimentos BRF e Marfrig Global Foods receberam nesta sexta-feira a aprovação da China para retomar as exportações de carnes das unidades de Dourados (MS) e Várzea Grande (MT), respectivamente, que haviam sido suspensas em meio a preocupações sobre a pandemia da covid-19.

Desse modo, a autorização se deu após inspeções realizadas pelas autoridades chinesas, e foi publicada no site da Administração Geral das Alfândegas da China (GACC, na sigla em inglês).

BTG Pactual (BPAC11) compra Necton Corretora

O BTG Pactual fechou a aquisição de 100% da Necton Corretora por R$ 350 milhões, negócio que deve ser anunciado nesta segunda-feira (26). A Necton conta com mais de 40 mil clientes e mais de R$ 16 bilhões em ativos sob custódia. Ademais, o BTG, segundo dados da Anbima, tinha R$ 120 bilhões em ativos sob custódia em agosto.

B3 notifica Linx (LINX3) de que multa para acionistas em proposta da Stone infringe regras

A B3 notificou a Linx de que a multa prevista aos acionistas da empresa no caso de não aprovarem a dispensa do ingresso da companhia criada após a incorporação pela Stone no Novo Mercado infringe as regras do segmento.

Por fim, a Linx convocou, para dia 17 de novembro, uma assembleia para que seus acionistas opinem sobre a oferta da Stone.

Vale (VALE3) pretende se transformar em corporação

A Vale vai se transformar em corporação sem grupo de controle acionário definido a partir de novembro, informou o Valor Econômico.

Portanto, a companhia terá o controle disperso entre diferentes investidores, mas no novo desenho há meios de inibir que qualquer acionista tenha fatia igual ou maior que 25% do capital.

Enfim, caso isso eventualmente ocorra, o sócio que atingir esse porcentual terá que fazer uma oferta pública de aquisição de ações (OPA) a todos os investidores de Vale.

⚠️Safra de balanços 3T20⚠️

A temporada dos Resultados Trimestrais já está a todo vapor, acesse a agenda de resultados do 3T20 do Portal Acionista. Além disso, conheça a importância de conhecer o desempenho das empresas. Acesse agora.

Hypera (HYPE3) registra lucro de R$ 345,6 milhões no 3º trimestre, alta de 29,3%

A Hypera Pharma registrou lucro líquido atribuível aos acionistas de R$ 345,6 milhões no terceiro trimestre, o que representa alta de 29,37% ante os R$ 267,2 milhões registrados no mesmo período do ano passado.

Assim, a receita líquida avançou 7,9% na comparação anual, para R$ 1,08 bilhão. Além disso, o lucro bruto registrado pela Hypera foi de R$ 696,3 milhões, alta de 2,2% ante o terceiro trimestre de 2019. Enfim, o lucro antes do resultado financeiro avançou 35,53%, para R$ 363,68 milhões.

Klabin (KLBN11) reporta prejuízo líquido de R$ 191,2 milhões

A Klabin reportou prejuízo líquido de R$ 191,2 milhões no terceiro trimestre de 2020. O Ebitda ajustado caiu 12% no período, para R$ 1,233 bilhão contra 2019.

Ademais, a receita da companhia fechou o trimestre em R$ 3,177 bilhões. Portanto, o resultado representa crescimento de 13,09% ante R$ 2,809 bilhões na mesma base de comparação

Fonte: Necton, Terra Investimentos

A principal referência do mercado financeiro

Aqui no Acionista você tem a oportunidade de ler, comparar e decidir.

Trabalhamos em prol do investidor, aproximando em apenas um local diversas opiniões, sugestões e expectativas para o mercado.

Tempo é dinheiro. Poupamos seu tempo para que você foque no dinheiro.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também