Siderurgia – Produção e vendas no mercado interno cresceram forte em setembro

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Terra

A produção brasileira de aço bruto em setembro foi de 2,6 milhões de toneladas, 7,5% maior que no mesmo mês de 2019, conforme os dados divulgados pelo Instituto Aço Brasil (IABr). Nos primeiros nove meses do ano, o volume produzido atingiu 22,3 milhões de toneladas, 9,7% abaixo deste período do ano passado.

Estes dados são positivos, indicando que as empresas do setor terão bons resultados no 3T20, como já foi visto nos números da CSN no período. A Gerdau vai divulgar seus resultados do 3T20 em 28/outubro e a Usiminas no dia seguinte. As duas divulgações vão ocorrer antes do início do pregão.

Em setembro/20, as vendas de aço no mercado interno aumentaram 11,8% para 1,8 milhão de toneladas. O desempenho dos laminados foi muito bom, com incrementos de 12,5% nos volumes vendidos de aços planos e 10,8%. A venda de semiacabados também cresceu muito (13,4%) puxada pelo desempenho dos lingotes, blocos e tarugos, cujas vendas subiram 39,0%. Em nove meses, as vendas no mercado interno ainda mostram um número negativo (4,2%), com destaque para a queda nos volumes de aços planos (8,4%). Interessante notar que mesmo em um ano difícil, as vendas de aços longos no Brasil subiram 1,4% no acumulado até setembro.

As exportações brasileiras de aço em setembro tiveram outro mês com fraco desempenho, com o volume total caindo 38,9%, principalmente com a redução de 48,4% de aços longos.

O volume de aço importado em setembro caiu 22,9% para apenas 142 mil toneladas, o que é uma boa notícia para a siderurgia brasileira. No acumulado do ano, o total das importações teve uma queda de 22,9%, somando 1,5 milhão de toneladas.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email