Petróleo em queda com investidores na espera pela reunião da OPEP

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

Petróleo: Queda significativa dos preços da commodity diante da reunião da OPEP, que ocorrerá nos dias 5 a 6 de dezembro

Os preços do petróleo caíram significativamente na sexta-feira (-2,5% a -4% para Brent e WTI, respectivamente), refletindo as incertezas com relação as negociações comerciais, produção recorde nos EUA e dúvidas sobre uma possível extensão do acordo de corte de produção da OPEP+ diante da próxima reunião do grupo nos dias 5 a 6 de dezembro, em Viena;

O mercado está monitorando de perto se a OPEP+ estenderá seu atual contrato de corte de produção de 1,2 mbpd até meados de 2020, hoje o contrato vai até março de 2020. Se por um lado a Rússia está apoiando a pressão da Arábia Saudita por preços estáveis ​​do petróleo antes do IPO da Saudi Aramco, o ministro da Energia do país, Alexander Novak, também foi citado afirmando que preferiria que o grupo OPEP+ decidisse por uma possível extensão do acordo mais próximo do prazo de vencimento. Além disso, a Rússia também está pressionando para que sua produção de condensados (​​tipo muito leve de óleo encontrado em poços de petróleo ou gás natural) seja excluída dos acordos de produção;

Além disso, fontes da imprensa também apontam que a Arábia Saudita está pressionando pela extensão do acordo existente até julho de 2020 e também está menos disposta a tolerar o descumprimento das cotas de produção por membros da OPEP, como Iraque e Nigéria.

Por: XP Investimentos

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email