PETROBRAS (PETR3): Valorização do petróleo gera incertezas quanto a gestão de preços

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
PetroRio

Por conta da oferta global ainda limitada de combustível e a demanda em forte recuperação após o forte baque da pandemia, que reduziu substancialmente o número de veículos circulando, o petróleo e seus derivados devem seguir valorizados ao longo dos próximos meses.

No curto prazo, o preço da commodity pode rondar o intervalo de US$ 70 a US$ 80 por barril, acima dos níveis pré-covid-19; segundo projeções mais recentes de consultorias especializadas e bancos de investimentos; que aceleraram a revisão de estimativas após a onda de frio que afetou a produção de óleo e gás no sul dos Estados Unidos.

Isto gera um aumento dos questionamentos com relação as futuras decisões que serão tomadas pela Petrobras, após a interferência do Governo Federal.

Teoricamente, os preços dos combustíveis no mercado brasileiro deveriam acompanhar essa tendência e têm neste momento, portanto, viés de alta. Mas ainda não ficou claro de o general Joaquim Silva e Luna irá buscar a paridade.

As atenções agora se voltam à reunião da Opep+, formada pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados, que tomará parte no início de março, que pode decidir por elevação da produção em abril.

Impacto: Marginalmente Negativo. A forte retomada da demanda por combustível e a oferta ainda limitada, incentivam uma grande escalada do petróleo e derivados nos próximos meses. No mercado brasileiro, o ideal seria que os preços dos combustíveis acompanhassem esta tendência de alta; no entanto, ainda não se tem certeza sobre o posicionamento do general Joaquim Silva e Luna sobre a paridade de preços, o que levar o investidor a ter um certo receio quanto a Petrobras, julgando que esta acabe tendo seus valores defasados.

Receba conteúdos diariamente por e-mail

Guide Investimentos

Guide Investimentos

A Guide é uma plataforma aberta de investimentos que guia pessoas para que o dinheiro não limite a vida. Conheça mais sobre os conteúdos da corretora em www.oguiafinanceiro.com.br

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Tire dúvidas sobre investimentos

Últimas atualizações sobre

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.